Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de São Filippo Neri (1515-1595), "apóstolo de Roma".


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

I São Pedro 2,2-5.9-12

como crianças recém-nascidas, ansiai pelo leite espiritual, não adulterado, para que ele vos faça crescer para a salvação, se é que já saboreastes como o Senhor é bom. Aproximando-vos dele, pedra viva, rejeitada pelos homens, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus, também vós - como pedras vivas - entrais na construção de um edifício espiritual, em função de um sacerdócio santo, cujo fim é oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus, por Jesus Cristo. Vós, porém, sois linhagem escolhida, sacerdócio régio, nação santa, povo adquirido em propriedade, a fim de proclamardes as maravilhas daquele que vos chamou das trevas para a sua luz admirável; a vós que outrora não éreis um povo, mas sois agora povo de Deus, vós que não tínheis alcançado misericórdia e agora alcançastes misericórdia. Caríssimos, rogo-vos que, como estrangeiros e peregrinos, vos abstenhais dos desejos carnais, que combatem contra a alma. Tende entre os gentios um comportamento exemplar, de modo que, ao acusarem-vos de malfeitores, vendo as vossas boas obras, acabem por dar glória a Deus no dia da sua visita.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

O apóstolo, comparando o novo povo a uma família, exorta os discípulos a viverem como filhos recém-nascidos, ou seja, como crianças que se abandonam confiantes nas mãos da mãe, a Igreja. O indispensável discipulado ao Evangelho torna os cristãos sempre filhos da Igreja e, portanto, sempre crianças, isto é, sempre necessitados desta mãe boa e atenciosa que é a Igreja. Do Seu leite materno os cristãos devem nutrir-se continuamente. Portanto, com uma sexta exortação, o apóstolo convida os crentes a "aproximarem-se" de Cristo, "pedra viva", para que entrem "na construção de um templo espiritual". A imagem da pedra evoca não só a solidez do amor como também o pulsar da vida, tal como aconteceu com a rocha no deserto de onde brotou a água da vida. Esta pedra, rejeitada pelos construtores de um mundo violento e mau, foi escolhida por Deus e usada como pedra angular de um novo edifício espiritual, a comunidade dos crentes. As pedras que compõem este edifício são os crentes. E eles têm que se assemelhar à pedra angular, isto é, viver do mesmo amor e resistir com a mesma firmeza. Provavelmente também elas serão rejeitadas pelos homens, como aconteceu com a pedra angular; mas, precisamente por essa razão, são determinantes para a construção do novo edifício espiritual. A arrogância do mundo é a prova da autenticidade evangélica da comunidade cristã. Por essa razão, só Deus, único e verdadeiro arquitecto, pode construir este Templo. No entanto, é indispensável que cada crente sinta a responsabilidade de ser uma pedra viva, isto é, clara na fé, generosa no amor e forte na esperança. Provavelmente Pedro, enquanto escrevia esta carta, recordava aquelas palavras que Jesus lhe dissera em Cesareia de Filipe: "Tu és Pedro, e sobre esta pedra, construirei a minha Igreja" (Mt 16, 18). Mas alarga o sentido aos discípulos: todos os cristãos são pedras vivas do novo edifício espiritual cujos alicerces se fundamentam em Jesus. Pedro pode, portanto, afirmar que os cristãos são "raça eleita, sacerdócio régio, nação santa, povo adquirido". Eles, reunidos à volta de Jesus, tornam-se num único corpo que, com um só coração e uma só alma, se dirige a Deus no louvor, no agradecimento e na invocação para a salvação do mundo. Portanto, a comunidade cristã não foi edificada para si mesma, mas para se tornar no novo Templo entre os homens para "proclamar" a todos o amor do Senhor e para conduzir todos à salvação.


26/05/2016
Oração pela Igreja


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri