Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

I Reis 18,41-46

Depois Elias disse a Acab: «Vai, come e bebe, pois já oiço o rumor de uma forte chuvada!» Acab foi comer e beber; Elias subiu ao cimo do monte Carmelo, prostrou-se por terra, colocando a cabeça entre os joelhos; e disse ao seu servo: «Sobe e observa para os lados do mar.» Ele subiu e observou, dizendo: «Não vejo nada!» Por sete vezes Elias lhe repetiu: «Volta e torna a observar.» À sétima vez, o servo respondeu: «Eis que sobe do mar uma pequena nuvem como a palma da mão!» Disse-lhe então Elias: «Vai dizer a Acab que prepare o seu carro e desça quanto antes, para que a chuva não o detenha aqui.» Nesse momento, cobriu-se o céu de nuvens negras, o vento soprou e a chuva começou a cair torrencialmente. Acab subiu para o seu carro e partiu para Jezrael. A mão do Senhor esteve sobre Elias que, de rins cingidos, ultrapassou Acab e chegou a Jezrael.


 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

O regresso de Israel à aliança com Deus significa também o fim da seca para aquela região. A protecção de Deus desce novamente sobre o Seu povo sob a forma de chuva benéfica. Terminam assim, a sede e a fome. Acab que no passado tinha em vão procurado a água, agora é chamado por Elias. O profeta exorta-o a levantar-se, isto é, a terminar o jejum e a voltar a comer. Os profetas de Baal foram todos mortos; portanto, o castigo pode acabar e dar lugar à reconciliação. A refeição significa não só a reconciliação entre Acab, Elias e Javé, mas também a familiaridade que toda a comunhão implica. Podemos comparar a refeição que se realiza no monte Carmelo à que se realizou no Sinai: Moisés e os anciãos do povo "contemplaram a Deus e depois comeram e beberam" (Ex 24, 9-11). Elias, durante esta refeição, anuncia ao rei que a chuva está a chegar. Dirige-se para o ponto mais alto e assume uma postura de profunda oração. E manda o servo olhar para o lado do mar. Por sete vezes, o servo é mandado e regressa sempre sem notícias. No fim, regressa dizendo: "Uma nuvenzinha, do tamanho da mão de uma pessoa, vem subindo do mar". Com efeito, do cume oriental do monte Carmelo, onde parece que o texto bíblico localiza o episódio, consegue-se ver, no fundo do horizonte, o mar Mediterrâneo, a única fonte que envia nuvens e chuva para a faixa siro-palestiniana. Dos outros lados, aquela faixa é circundada por desertos que sabem gerar só calor sufocante e tempestades de areia. Daí, a frase do Evangelho: "Quando vedes uma nuvem vinda do Ocidente, logo dizeis: Vem chuva, e assim acontece. E quando sentis soprar o vento do Sul, dizeis: Vai fazer calor, e assim acontece" (Lc 12, 54-55). Há, de qualquer modo, um sinal: uma pequena nuvem. Mas dela vem a chuva para toda a nação. A Palavra de Deus envia os discípulos a perscrutar no céu da história os "sinais dos tempos" para poderem colher o caminho que deve ser seguido. Tanto é verdade que manda o servo avisar o rei para que se possa refugiar. E Elias, protegido pela mão de Deus, correu à frente e chegou primeiro.


09/06/2016
Oração pela Igreja


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri