Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

I Reis 21,17-29

Então, a palavra do Senhor foi dirigida a Elias, o tisbita, dizendo: «Desce e vai ter com Acab, rei de Israel, que vive na Samaria; ele está agora a descer para se apossar da vinha de Nabot. Diz-lhe: Assim fala o Senhor: ‘Cometeste um homicídio e agora vais ainda apoderar-te do alheio?’ Acrescentarás ainda: ‘Isto diz o Senhor: No mesmo lugar onde os cães lamberam o sangue de Nabot, hão-de lamber também o teu!’» Então Acab respondeu a Elias: «Tornaste a apanhar-me, meu inimigo!» Elias replicou: «Sim, tornei a apanhar-te porque te prestaste a uma perfídia, fazendo o que é mal aos olhos do Senhor. Farei cair uma desgraça sobre ti, varrer-te-ei e hei-de exterminar todos os homens da casa de Acab, sejam escravos ou homens livres em Israel. Tornarei a tua casa semelhante à casa de Jeroboão, filho de Nabat, e à de Basa, filho de Aías, porque provocaste a minha ira e fizeste pecar Israel.» O Senhor falou também para Jezabel: «Os cães hão-de devorar Jezabel na propriedade de Jezrael. Todos os membros da casa de Acab que morrerem na cidade, os cães os hão-de devorar; e todos os membros que morrerem no campo, comê-los-ão as aves do céu. Não houve nunca ninguém como Acab que se prestasse à perfídia para fazer o mal aos olhos do Senhor. E a sua esposa Jezabel incitava-o ainda mais. Ele cometeu graves abominações, seguindo os ídolos exactamente como os amorreus, a quem o Senhor despojara diante dos filhos de Israel.» Ao ouvir estas palavras, Acab rasgou as vestes, cobriu-se de saco e jejuou; dormia sobre um saco e caminhava pensativo. Então a palavra do Senhor foi dirigida a Elias, o tisbita, dizendo: «Viste como Acab se humilhou na minha presença? Já que ele procedeu assim, não o castigarei durante a sua vida, mas nos dias de seu filho mandarei o castigo sobre a sua casa.»


 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Depois da morte de Nabot, Jezabel exorta o rei a tomar posse da vinha. "Acab - narra o texto - levantou-se para descer à vinha de Nabot de Jezrael, a fim de tomar posse dela". Neste gesto, perfila-se a imagem daquela injustiça cruel a que a sede de poder leva e que se oculta no coração de todos os homens. Neste caso, atinge-se o limite mais cruel, mas a lógica de "eliminar" todo aquele que impede o nosso caminho ou que pode impedir as nossas conquistas, está profundamente enraizada no coração de todos nós. Desta sede de poder, desencadeiam-se injustiças e opressões sobre os mais fracos e os mais pobres. E não é por acaso que um dos aspectos mais relevantes da profecia bíblica é precisamente a luta a favor da justiça entre os homens. Os profetas, "homens de Deus", sabem muito bem que a missão religiosa deles comporta também a denúncia das injustiças e dos abusos. As desigualdades entre os homens, sobretudo as que alargam de maneira insuportável o fosso que separa uns dos outros, não são uma questão puramente social. O próprio Deus fica ofendido quando os homens são oprimidos, pois são todos, ninguém excluído, Seus filhos. Por isso, a palavra profética torna-se exigente e severa: "Ai daqueles que juntam casa a casa e acrescentam campo a campo, até não haver mais terreno e serem os únicos a habitar no meio do país", grita Isaías (5, 8). E o profeta Miqueias: "Ai daqueles que, deitados na cama, planeiam a injustiça e tramam o mal; executam-no mal amanhece o dia, porque têm o poder na sua mão. Cobiçam campos, e roubam-nos; querem uma casa, e apoderam-se dela. Assim oprimem o homem e a sua família, o proprietário e a sua herança" (Mq 2, 1-2). O profeta Amós luta contra as injustiças durante quase toda a sua vida. Mas já desde então, o Senhor fala claramente. Elias é convocado pelo Senhor mal Acab se dirige para a vinha: "Levanta-te e vai ao encontro de Acab… Ele está na vinha de Nabot, aonde foi para dela tomar posse". O recontro entre Elias e Acab é duro e o profeta não cede. A Palavra de Deus, também neste caso, é como uma espada de dois gumes que penetra a fundo. É enviada para que se tome consciência do mal realizado e da injustiça perpetrada mas, ao mesmo tempo, é também um remédio que ajuda a curar o coração das maldades e a aproximá-lo à Lei do Senhor. A Palavra de Deus cumpre o seu curso para que cada um de nós regresse a Deus com o coração contrito. Acab deixa-se tocar no coração pelas palavras do profeta: "Quando Acab ouviu estas palavras, rasgou as roupas, vestiu-se com pano de saco e fez jejum. Dormia vestido de pano de saco e andava abatido". Quando o Senhor viu o arrependimento de Acab mandou de novo Elias para lhe anunciar o perdão: o desaparecimento da sua dinastia foi adiado: não sucederá durante a sua vida, mas durante o reino do seu filho. A dinastia de Acab, tal como a de Jeroboão, filho de Nabot e a de Baasa, filho de Aías, está condenada à destruição, por causa da continuidade das traições. Com efeito, o reino do Norte muda oito vezes de dinastia, enquanto que, em Judá, o reino do Sul, permanece sempre a dinastia davídica.


14/06/2016
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri