Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação de Santo Irineu, bispo de Lião e mártir (130-202): da Anatólia foi para a França para proclamar o Evangelho.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Amós 3,1-8.11-12

Ouvi esta palavra que o Senhor
pronuncia contra vós, filhos de Israel,
contra toda a família que fez sair do Egipto:

«De todas as nações da terra, só a vós conheci.
Por isso vos castigarei, por todas as vossas iniquidades.»

Porventura andarão dois homens juntos,
sem se terem posto de acordo?

Porventura rugirá o leão na floresta,
sem ter achado uma presa?
Gritará o leãozinho no covil,
sem ter lançado a garra a alguma coisa?

Cairá uma ave no laço posto na terra,
se o laço não estiver armado?
Irá levantar-se a armadilha da terra,
antes de ter apanhado alguma coisa?

Tocar-se-á a trombeta na cidade,
sem que o povo se assuste?
Acontecerá alguma calamidade numa cidade,
sem ser por disposição do Senhor?

Porque o Senhor Deus nada faz
sem revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas.

O leão ruge: quem não temerá?
O Senhor Deus fala: quem não profetizará?

Por isso, isto diz o Senhor Deus:
«Eis o inimigo a cercar o país! Vai destruir a tua força,
e os teus palácios serão saqueados.

Isto diz o Senhor:
«Como o pastor arranca da boca do leão
duas pernas ou a ponta de uma orelha,
assim serão salvos os filhos de Israel que habitam em Samaria,
sentados no fundo de um divã, sobre almofadas de Damasco.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

A palavra do profeta, depois de ter condenado Israel por ter calcado a justiça e o direito dos pobres escondendo-se atrás do cumprimento dos preceitos rituais (2, 6-15), faz escutar a voz de Deus que repreende a dureza do coração de um povo que, surdo à Sua Palavra e às Suas admoestações, recusa converter-se e de ter os sentimentos de misericórdia que Deus teve para com o Seu povo. O profeta recorda, novamente, os benefícios que recebeu de Deus com a libertação do Egipto para que fosse, entre todos os povos, a testemunha da grandeza da misericórdia divina. O tema da eleição é central na pregação profética, assim como em toda a pregação cristã. Deus está na origem da salvação. O profeta, através de sete exemplos, induz a ler em profundidade a história e os seus sinais. A Palavra de Deus é comparada ao rugido do leão: é como uma força interior que sai com irrefreável ímpeto, provocando invariavelmente, o efeito para o qual foi enviada. A escolha de Deus pelo Seu povo é para o destinar a uma missão, a de anunciar a Sua Palavra até aos limites da Terra. Com o envio de Jesus, esta dimensão atinge o seu ápice mais claro. Deus escolheu-nos, assim como preferiu o povo de Israel, para que acolhamos a Sua Palavra tornando-nos anunciadores e testemunhas d’Ela. Esta palavra – a de Deus, não a nossa – tem a força irresistível e não está sujeita aos limites do homem. Ela é enviada para fecundar a Terra e não regressa a Deus sem efeito, sem ter feito o que Deus deseja e sem ter realizado aquilo para o qual foi mandada, como anuncia o livro de Isaías (55, 10-11). Se Deus falou, diz Amós, quem não pode profetizar? Quando Deus fala, se O escutamos, não podemos não ser profetas neste mundo. A Palavra de Deus é uma força que realiza milagres, que vai além dos limites do impossível, que subleva aquele avarento e mesquinho realismo que muitas vezes impede o sonho de Deus. Nada é impossível a Deus e nada é impossível aos discípulos de Jesus se escutam a Sua Palavra e vivem d’Ela. A palavra final de Amós interpela-nos para uma nova responsabilidade: "Pois é assim que te tratarei: prepara-te para te encontrares com o teu Deus!". É a chamada para uma nova missão no início deste novo milénio.


28/06/2016
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
12
Segunda-feira, 12 de Dezembro
Oração pelos pobres
DEZ
13
Terça-feira, 13 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
14
Quarta-feira, 14 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
15
Quinta-feira, 15 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
16
Sexta-feira, 16 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
17
Sábado, 17 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
18
Domingo, 18 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri