Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

Isaías 26,7-9.12.16-19

O caminho do justo é recto;
é o Senhor quem prepara o caminho do justo.

Seguindo os caminhos dos teus desejos,
Senhor, esperamos em ti.
E com que ansiedade pronunciamos o teu nome
e nos lembramos de ti!

A minha alma suspira por ti de noite,
e do mais profundo do meu espírito,
eu te procuro pela manhã,
porque quando exerces sobre a terra os teus julgamentos,
os habitantes do mundo aprendem a justiça.

Senhor, dá-nos a paz,
porque és Tu que realizas todos os nossos empreendimentos.

Senhor, na tribulação, nós recorríamos a ti,
quando a força do teu castigo nos abatia.

Como a mulher grávida, prestes a dar à luz,
se torce e grita nas suas dores,
assim éramos nós na tua presença, Senhor.

Nós concebemos, sofremos dores de parto,
e o que demos à luz foi vento.
Não demos a salvação ao nosso país,
nem nasceram novos habitantes na terra.

Os teus mortos reviverão,
os seus cadáveres ressuscitarão.
Despertai e rejubilai vós que jazeis no sepulcro!
Pois o teu orvalho é um orvalho de luz,
que fará renascer os que não passavam de sombras.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

Este trecho pertence à secção do livro de Isaías conhecida como "Apocalipse de Isaías" (capítulos 24-27). O pano de fundo em que se enquadra é provavelmente um evento de grave destruição. O autor pretende aqui sugerir uma reflexão sobre como Deus actua na história humana: o profeta reconhece que a acção de Deus na história, desde os Seus julgamentos, à atribulação e às tentativas frustradas, os homens aprendem a justiça e corrigem-se. Um justo, com a linguagem dos salmos, dirige-se a Deus manifestando-Lhe o seu anseio e a sua procura no momento da fraqueza. Ciente que só do alto é que a vida poderá vir, o justo reconhece a vaidade do seu esforço: "Não demos a salvação ao país, não nasceram novos habitantes no mundo". Todavia esta noção não produz resignação nem pessimismo. O justo sabe que só o Senhor é que pode despertar à vida. Por isso, na dor e na tribulação, não cessa de procurar o Senhor, ciente que é como um pai que nunca abandona os seus filhos. No drama de um tempo sem paz, é necessário procurar novamente Deus e deixar que a Sua Palavra ilumine a vida dos homens. Demasiadas vezes, fechamo-nos em nós mesmos na dor e pensamos que o Senhor afastou-Se de nós e das nossas preocupações. Na verdade, Ele não despreza o nosso sofrimento, não deixa cair no esquecimento nem sequer uma gota da dor do mundo, das tribulações dos pobres. Antes pelo contrário, compreende a angústia e a dor deles e logo vem em socorro de todos. Unamo-nos à prece do profeta, que é a melhor e a mais sincera resposta à dor do mundo.


14/07/2016
Oração pela Igreja


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical