Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 18,1-6

Palavra que o Senhor dirigiu a Jeremias, nestes termos: «Vai e desce à casa do oleiro, e ali escutarás a minha palavra.» Fui, então, à casa do oleiro, e encontrei-o a trabalhar ao torno. Quando o vaso que estava a modelar não lhe saía bem, retomava o barro com as mãos e fazia outro, como bem lhe parecia. Então, foi-me dirigida a palavra do Senhor, dizendo: «Casa de Israel, não poderei fazer de vós o que faz este oleiro? Como o barro nas suas mãos, assim sois vós nas minhas, casa de Israel - oráculo do Senhor.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

"Como barro nas mãos do oleiro, assim estais vós nas minhas mãos". Estas palavras recordam a própria criação do homem. Primeiro, o Senhor plasmou-o da terra e, depois, soprou nele o espírito da vida. E o homem tornou-se num ser vivo (Gn 2, 7). Não nos devemos esquecer que a condição perene de todos os homens e de todas as mulheres está marcada por terem sido feitos com o pó. No entanto, Deus não despreza aquele pó que é o homem, antes pelo contrário, valoriza-o. De facto, Ele, como um oleiro, continua a plasmar cada um de nós dando-nos o Seu espírito de vida para que possamos crescer "à Sua imagem e semelhança". O Senhor não desdenha a nossa pobreza e a nossa fragilidade. Ele não pára de Se debruçar sobre nós e actua continuamente em nós para que possamos crescer como Seus filhos, Suas testemunhas. Somo deveras, como afirma Paulo, "vasos de barro". No entanto, através da Sua Palavra, o Senhor continua a pôr nos nossos corações o sopro da vida, o sopro do Seu Santo Espírito. Aquele sopro das origens não é dado uma vez por todas; todos os dias é-nos dado pelo Senhor para que nos sustenha no caminho para a plenitude da vida. Jeremias recorda-nos também a nós, a grande responsabilidade em se escolher seguir o Senhor. Quem segue o caminho do Senhor e não "o próprio coração obstinado" será abençoado. Quanto é triste continuarmos a seguir-nos a nós mesmos e a escutarmos a nós mesmos depois de todo o amor e o perdão recebidos do Senhor! E, no entanto, é o amor mais elevado que se possa ter na Terra. O Senhor, como que num desafio de amor, pede ao Seu povo: "Procurai interrogar as nações: Qual delas ouviu semelhante coisa... No entanto, o meu povo esqueceu-se de Mim... tropeçou nos seus caminhos, caminhos antigos…". Muitas vezes, recuamos na vida, porque se não se escuta, não ficamos como somos, recuamos, pioramos. É o que acontece quando nos esquecemos do que recebemos e voltamos a trilhar os nossos caminhos individuais. Compreendemos então, a oração do profeta, que pede a ajuda de Deus perante a fadiga da sua vocação. Peçamos ao Senhor para continuar a transmitir a força do Seu amor e do Seu perdão.


28/07/2016
Oração pela Igreja


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri