Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação do padre Aleksandr Men', padre ortodoxo de Moscovo, brutalmente assassinado em 1990.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres,
a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos,
a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

I Coríntios 9,16-19.22-27

Porque, se eu anuncio o Evangelho, não é para mim motivo de glória, é antes uma obrigação que me foi imposta: ai de mim, se eu não evangelizar! Se o fizesse por iniciativa própria, mereceria recompensa; mas, não sendo de maneira espontânea, é um encargo que me está confiado. Qual é, portanto, a minha recompensa? É que, pregando o Evangelho, eu faço-o gratuitamente, sem me fazer valer dos direitos que o seu anúncio me confere. De facto, embora livre em relação a todos, fiz-me servo de todos, para ganhar o maior número. Fiz-me fraco com os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para salvar alguns a qualquer custo. E tudo faço por causa do Evangelho, para dele me tornar participante. Não sabeis que os que correm no estádio correm todos, mas só um ganha o prémio? Correi, pois, assim, para o alcançardes. Os atletas impõem a si mesmos toda a espécie de privações: eles, para ganhar uma coroa corruptível; nós, porém, para ganhar uma coroa incorruptível. Assim, também eu corro, mas não às cegas; dou golpes, mas não no ar. Castigo o meu corpo e mantenho-o submisso, para que não aconteça que, tendo pregado aos outros, venha eu próprio a ser eliminado.


 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

A verdadeira liberdade que Paulo testemunha e que nos anuncia, é a de se tornar "servo de todos" para anunciar o Evangelho. O apóstolo, com aquela força que nasce do seu próprio testemunho de vida, une as duas afirmações: "Livre em relação a todos.... tornei-me o servo de todos". Reflecte-se aqui o eco das próprias palavras de Jesus: "Quem de vós quiser ser grande, deve tornar-se o vosso servidor; e quem de vós quiser ser o primeiro, deverá tornar-se o servo de todos" (Mc 10, 43). Mas não se trata de um exercício ascético mirado a aperfeiçoar a própria alma. O apóstolo tornou-se servo para ganhar o maior número de pessoas para Cristo. Em poucas linhas repete por cinco vezes o verbo "ganhar" ao qual liga estritamente o outro verbo "salvar". O coração do apóstolo não bate para si mesmo, o coração do apóstolo alarga-se para abraçar o mundo inteiro: "tornei-me tudo para todos, a fim de salvar alguns a qualquer custo". Não só não exclui ninguém (hebreus ou pagãos, pouco importa), mas parece não se dar paz até que o Evangelho chegue ao maior número possível de pessoas. Este é o seu desafio, a sua corrida, por toda a vida. É um testemunho que deveria ecoar de modo particularmente forte para os cristãos no início deste novo milénio. Paulo, mais uma vez, regressa para o meio de nós como aquele que soube acolher o espírito universal da pregação de Jesus e fazer disso a razão da sua própria vida. Podemos dizer que foi o primeiro a realizar a globalização do amor, derrubando qualquer isolamento, qualquer fronteira, qualquer etnicismo, mesmo religioso. O apóstolo quer chegar a todo o mundo: tem intenções de ir a Roma, a capital do império e, depois, até Espanha, o confim extremo. Paulo é ainda hoje, para cada uma das comunidades cristãs, o exemplo de como se anuncia o Evangelho, até aos extremos confins da Terra. Seja como for, o problema não é, mais uma vez, exterior. Não sabemos, por exemplo, se Paulo chegou à Espanha. O que conta é a universalidade do coração. É aqui, no nosso coração, que devem ser abatidos os confins e as barreiras. Na verdade, estas últimas ainda antes das exteriores, estão traçadas no coração e na mente dos homens.


09/09/2016
Oração da Santa Cruz


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri