news

Na Guiné-Bissau, o desafio social é proteger os idosos: o compromisso de Sant'Egidio para não os deixar sozinhos

30 Abril 2020 - GUINÉ-BISSAU

Africa
coronavirus

Compartilhe Em

Os idosos da Guiné-Bissau vivem um isolamento no isolamento. No pequeno estado africano com vista para o Atlântico, as dificuldades causadas pela pandemia de coronavírus são agravadas por aquelas ligadas à solidão. Sempre foi uma das preocupações da Comunidade de Sant’Egidio a de superar as distâncias sociais.

Por isso, entregámos as necessidades básicas, desinfectantes e máscaras produzidas por um alfaiate local. Ao longo da distribuição, foram visitados os mais pobres, aos quais a Comunidade está ligada por uma longa amizade: Ana, viúva e deixada sem filhos; Lona, que mora sozinho e está com lepra; dezenas de idosos acusados de feitiçaria e, portanto, colocados às margens da sociedade.
Neste tempo, mais do que nunca, a solidariedade protege a vida dos excluídos e dos mais pobres.

PARA QUEM QUER AJUDAR

DONA

CONTACTE-NOS

Doe no Facebook