news

Coronavírus: carta da Merkel a Riccardi. "Tenha certeza: a Alemanha e a Europa estão do lado da Itália, precisamos fazer mais." O agradecimento à Comunidade

30 Abril 2020

Compartilhe Em

Após uma carta que o fundador da Comunidade de Sant’Egidio, Andrea Riccardi, enviara a Angela Merkel sobre os graves efeitos, tanto sociais quanto económicos, da crise produzida pela epidemia de coronavírus na Itália, e sobre a necessidade de uma forte solidariedade para o nosso país, a Chanceler alemã enviou esta sua resposta:

“Agradeço muito pela sua carta na qual descreve as graves consequências da pandemia de Covid na Itália. Essa pandemia representa um desafio sem paralelo, a nível mundial, na Europa e para cada país. Na Alemanha, acompanhamos os desenvolvimentos das últimas semanas na Itália com grande participação. Estamos cientes da situação difícil em que Seu país se encontra actualmente.
Mais ainda, devemos prestar homenagem ao compromisso da Comunidade de Sant'Egidio e dos muitos voluntários e voluntárias. Vós estão comprometidos com uma ajuda preciosa para as pessoas particularmente doentes e que precisam de um forte apoio. Por isso, vos agradeço muito.
Tenha certeza: a Alemanha e a Europa estão fortemente do lado da Itália. Vários hospitais alemães receberam pacientes italianos, o governo federal enviou ajuda sanitária para a Itália. Ao mesmo tempo, sabemos que, tendo em vista as consequências económicas da pandemia, será necessário fazer mais, e também nisso estamos prontos para agir com o espírito de solidariedade europeia. O acordo do Euro-grupo sobre um pacote de medidas tomadas em 9 de Abril mostra-o claramente.
Pelo seu importante trabalho, desejo-lhe, juntamente com todos os que estão comprometidos com a Comunidade de Sant'Egidio, muita força, resiliência e sucesso”.