news

Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz

13 Maio 2020 - BAMAKO, MALI

Africa
coronavirusCovid-19

Compartilhe Em

A crise de saúde ligada à propagação do coronavírus continua a insistir, em África, em zonas há muito tempo marcadas pela pobreza e pelo conflito. É o caso do Mali, um país da região do Sahel, que é muito pobre. Uma guerra civil, em curso no centro e no norte do país, em que as tensões étnicas, de longa data, são confundidas com as introduzidas nos últimos anos pelos ataques islâmicos, produziu grandes multidões de pessoas deslocadas internamente.

No campo de refugiados de Faladié, na periferia da capital Bamako, a vida é extremamente precária, aos limites da sobrevivência. Além disso, a rivalidade entre as duas principais componentes do campo, os grupos étnicos Dogon e Peul (os primeiros na sua maioria agricultores, os outros bastante dedicados à agricultura) não ajuda certamente a uma coexistência já por si complicada. Recentemente, um incêndio devastou o campo, agravando ainda mais a situação.

A presença de Sant'Egidio é um elemento de ajuda, mas também de pacificação. A tonelada de alimentos e outros bens de necessidade básica, entregue há alguns dias, juntamente com o início dos cursos de prevenção da epidemia pelo Covid-19 - são uma ajuda concreta e também um elemento de pacificação que está a abrir, embora com dificuldade, um novo capítulo de coabitação entre os dois grupos étnicos, que ambos sabem que podem contar com a Comunidade, que não se importa com a pertença étnica, mas acredita na inclusão e na solidariedade.
 

APOIE AS ACTIVIDADES DE SANTO EGÍDIO NO MUNDO COM UMA DOAÇÃO »
 



Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz
Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz
Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz
Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz
Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz
Mali, Sant'Egidio no campo de refugiados de Faladié, entre ajuda e sede de paz