news

Migrantes: após as palavras do Papa sobre os "campos de detenção" na Líbia, o governo italiano efectue urgentemente uma evacuação humanitária, de acordo com a Europa

8 Julho 2020

ImmigrationPope Francis
ItalyEurope

Compartilhe Em

As palavras pronunciadas com força hoje pelo Papa no sétimo aniversário da sua visita a Lampedusa abalam as consciências. Não se pode ficar indiferente à situação criada há já algum tempo na Líbia e da qual, como diz Francisco, temos apenas uma versão "destilada" aqui no Norte do mundo e ainda menos hoje na crise ditada pela pandemia.

No Inferno desses lager vivem homens, mulheres e crianças que devem ser salvos com urgência, se ainda acreditamos na cultura e na civilização que fundaram a Europa.

Por conseguinte, apelamos ao Governo italiano para promover uma iniciativa europeia para salvar rapidamente aqueles que são vítimas deste moderno tráfico de escravos.
O caminho a seguir é o de uma evacuação humanitária a ser levada a cabo olhando para o modelo dos corredores humanitários – levada a cabo pela Comunidade de Sant'Egidio com as Igrejas Protestantes e a CEI (Conferência Episcopal Italiana) - que em quatro anos trouxeram mais de 3.000 refugiados para Itália e outros países europeus e conseguiram acolhê-los e integrá-los.

Foto Faro di Roma