news

Corredores humanitários: Após a chegada, uma nova casa e uma nova vida para os refugiados que chegaram de Lesbos

18 Julho 2020 - NÁPOLES, ITÁLIA

humanitarian corridor

Compartilhe Em

Há uma nova casa à espera de Razieh e da sua família, que chegaram a Roma na quinta-feira 16 de Julho com o primeiro corredor humanitário após o lockdown, juntamente com 6 outras pessoas. Finalmente uma casa onde ela pode encontrar serenidade, longe do terrível campo de Moria na ilha de Lesbos, onde milhares e milhares de refugiados estão apinhados.

À chegada a Itália, alguns membros da Comunidade de Sant'Egidio de Nápoles, vieram buscá-los, tal como fazem com familiares e amigos próximos. E acompanharam-nos até à sua nova casa, no bairro de Ponticelli, a 10 minutos da estação central. É num edifício de 3 andares, um belo apartamento, onde toda a família pode viver confortavelmente.

Quando Razieh chegou de Lesbos tinha trazido como presene um quadro, onde tinha retratado "anjos" que, como pombas, resgatam os refugiados do "inferno da Europa" levando-os para a terra da esperança, desenhada como uma casa dominada por um arco-íris.

Hoje, aquela casa já não é apenas um desenho, e Razieh e a sua família, comovidos e felizes, começam a sua nova vida.

VEJA O VÍDEO



Corredores humanitários: Após a chegada, uma nova casa e uma nova vida para os refugiados que chegaram de Lesbos
Corredores humanitários: Após a chegada, uma nova casa e uma nova vida para os refugiados que chegaram de Lesbos