news

Recomeçar da solidariedade, dando prioridade aos mais frágeis e ao ambiente. A declaração da Comunidade de Sant'Egidio após o resultado do Recovery Fund

22 Julho 2020

Covid-19
Europecoronavirus

O texto do comunicado de imprensa

Compartilhe Em

Recovery Fund, Sant’Egidio: recomeçar da solidariedade dando prioridade aos mais frágeis e ao ambiente

O importante resultado alcançado pela Itália em Bruxelas exige uma mudança incisiva no esquema em que a sociedade e a economia se baseiam. Pedimos a todas as instituições que não esqueçam que na fase mais aguda da pandemia, o que nos fez resistir foi a solidariedade.
É a partir deste valor que devemos recomeçar, dando prioridade a todas as intervenções que dizem respeito às pessoas mais frágeis e em risco. É preciso recomeçar com os cidadãos mais afectados pelos efeitos económicos da crise e os sectores da população que mais sofreram com o coronavírus, a começar pelos muitos que estão a perder os seus empregos.
Para além de um reforço urgente do sistema nacional de saúde, o sector social e em particular os serviços prestados às pessoas, idosos e crianças, juntamente com o apoio às famílias, devem ser repensados.
Além disso, é necessário visar o ambiente e a economia verde, tanto como uma mudança de qualidade no crescimento como um motor de novos empregos.
É necessário dar novas e mais sólidas garantias às famílias italianas - pontos de referência importantes durante a crise - preservando uma qualidade de vida que devolva o futuro às novas gerações.
À luz de uma pandemia que pôs em causa tantas certezas, os italianos devem unir-se num ímpeto comum de reconstrução e solidariedade com todos. Não há tempo a perder.