news

Luta contra a "cultura do descarte" na sociedade salvadorenha. O apelo "Sem idosos não há futuro" promovido pelos jovens

29 Julho 2020 - EL SALVADOR

There is no future without the elderly
ELDERLYcoronavirus

Compartilhe Em

O Día de los Abuelos (Dia dos Avós), coincide em vários países do mundo com a comemoração da Igreja Católica de Santa Ana e de São Joaquim, os avós de Jesus.

No meio da pandemia de Covid-19, esta celebração fez as pessoas pensarem não só nos seus próprios avós, mas também nos idosos mais sozinhos nas casas e nos lares. Os jovens da Comunidade de Sant'Egidio de El Salvador relançaram o apelo internacional “Sem idosos não há futuro” para combater um problema cultural, descrito eficazmente pelo Papa Francisco com a expressão "cultura do descarte", a tendência da sociedade a excluir aqueles que não são produtivos.

Esta situação mundial pôs em evidência o baixo valor que pode ser dado aos idosos, na dramática decisão de dar prioridade aos cuidados de saúde aos mais saudáveis.
O apelo reafirma o princípio da igualdade de tratamento e a Comunidade está empenhada na luta diária contra a cultura do descarte. O empenho da sociedade civil é essencial para o progresso na protecção dos idosos: El Salvador adoptou em 2002 a Ley de Atención Integral para la Persona Adulta Mayor (Lei sobre a Atenção Integral para as Pessoas Idosas); desde 1948 pertenceu à Organização dos Estados Americanos, mas as desigualdades sociais estão agora a provar as consequências económicas da pandemia.

Os jovens de Sant'Egidio aceitaram o apelo do Papa no Angelus de 26 de Julho, que os convidou a um gesto de ternura dizendo “cada um destes idosos é o vosso avô”. É um convite a uma aliança entre as gerações que brota das Escrituras, do livro do profeta Joel: "Os idosos terão sonhos e os jovens terão visões" (Joel 3:1). Sem os idosos, falta a visão do futuro, particularmente na encruzilhada histórica da Covid-19, entre a escolha de proteger os mais vulneráveis e a direcção de uma sociedade menos humana.

Desde o primeiro caso confirmado de Covid-19 registado no país a 18 de Março, El Salvador contabilizou 15.446 casos, 7903 curas e 417 mortes. O país reabriu as suas portas à actividade económica a 16 de Junho com a cessação da quarentena em vigor desde 21 de Março.
A situação é preocupante uma vez que El Salvador ainda se encontra na fase ascendente da curva de contágio. Mais de 6500 pessoas são actualmente positivas ao vírus numa população de 6,5 milhões de habitantes.

 


No vídeo, o apelo "sem Idosos não há futuro" (as imagens do repertório da sigla são anteriores a 2020)