news

Começam as "férias alternativas" de Sant'Egidio em Lesbos ao lado dos refugiados, para não esquecer e abrir o caminho para um futuro diferente

1 Agosto 2020 - PREFEITURA DE LESBOS, GRÉCIA

MIGRANTS
#santegidiosummerLesbos

Comunicado de imprensa

Compartilhe Em

A partir de hoje até ao final de Agosto, mais de 150 voluntários da Comunidade de Sant'Egidio, vindos de diferentes países europeus, revezar-se-ão para passar umas "férias alternativas" com os refugiados que vivem em Lesbos. A fim de não esquecer e abrir o caminho para um futuro diferente. Na ilha grega existem actualmente cerca de 15.900 migrantes, incluindo um bom número de menores não acompanhados, todos requerentes de asilo ou à espera de recolocação. São quase duas vezes mais do que há um ano atrás, em condições de vida precárias, agravadas pelo lockdown ditado pela pandemia.

Respondendo a uma procura crescente de alimentos, os voluntários abrirão dois "restaurantes solidários" de campanha, mas também terão aulas de inglês para os refugiados e farão actividades de animação com as muitas crianças e jovens que chegaram à ilha. A presença deles, durante o mês de Agosto, terá como objectivo manter viva a esperança das pessoas que fugiram de guerras ou de condições de vida insustentáveis nos seus países de origem e que estão agora numa espécie de "limbo", aqui na Europa, à espera de um futuro diferente.

As actualizações sobre as "férias alternativas" em Lesbos serão publicadas em www.santegidio.org



Começam as
Começam as
Começam as