news

Emergência Burundi: Partido outro contentor da ajuda para as vítimas da crise alimentar

11 Fevereiro 2016

Burundi
PeaceHumanitarian aid

Compartilhe Em

Terça-feira, 9 de fevereiro partiu da Cidade Ecosolidale de Roma, o lugar de solidariedade em que a Comunidade de Sant'Egidio recolhe alimentos, roupas e outros gêneros a serem distribuídos aos pobres, um contentor de ajuda alimentar destinado aos sectores mais fracos da população burundês, vítimas de uma crise que afecta o país desde meses, de que temos dado muitas vezes a notícia no site e que, infelizmente, continua a piorar cada vez mais. Hoje, a crise alimentar é evidente em todos os cantos do país. A OCHA, o Gabinete das Nações Unidas encarregado da Coordenação dos Assuntos Humanitários, estima que a cerca de 700.000 pessoas no Burundi falta a comida de que necessitam para viver. Trata-se do 7% da população deste pequeno superpovoado país (400 habitantes por quilómetro quadrado) em que 80% dos habitantes vivem abaixo da linha de pobreza e que já estava a sofrer antes da crise, num estado de desnutrição crônica que atingia um burundês sobre dois.

O contentor, que também foi realizado com a ajuda do World Food Program Itália, partiu carregado com 2.000 kg de arroz, 1.000 kg de açúcar, 3.000 kg e 2.000 kg de legumes e 2.000 kg de biscoitos energéticos para o porto de Civitavecchia, e levará cerca de 35 dias para chegar ao seu destino. Até agora, são cerca de 2.000 os pacotes de comida que - graças à recolha on-line lançada no site - as Comunidades locais de Sant'Egidio conseguiram distribuir à população, de Setembro a hoje. As distribuições foram realizadas nos diversos bairros da capital, Bujumbura, e alcançaram especialmente as crianças e os idosos. A chegada do contentor também permitirá levar ajuda às muitas pessoas pobres que vivem em outras partes do país, nas várias cidades onde está presente a Comunidade de Sant’Egidio.