news

Obrigado ao Papa Francisco pelo apoio aos corredores humanitários e o encorajamento a prosseguir o compromisso em prol da paz e da vida

6 Março 2016

Pope Francishumanitarian corridor

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio agradece Papa Francisco por ter despertado as consciências desde o início da crise humanitária ligada à chegada de migrantes nas costas da Europa. Sua viagem a Lampedusa em Julho de 2013, os seus repetidos apelos para uma Itália e uma Europa capazes de receber os que fogem das guerras e da fome, deu frutos preciosos. O pedido aos cristãos para acolher nas suas instalações e nas famílias os refugiados abriu passagens em muitos muros que foram levantados recentemente no nosso continente. É neste clima que nasceu o projeto ecumênico dos corredores humanitários de Sant’Egidio, Igrejas Evangélicas e Igreja Valdense, dos quais o Papa falou hoje durante o Angelus. Expressamos sinceros agradecimentos pelo apoio a esta iniciativa que o Papa Francisco chamou de "sinal concreto de compromisso com a paz e a vida", que "combina a solidariedade e a segurança”. 

I Os corredores humanitários até agora permitiram a chegada na Itália de 97 refugiados sírios do Líbano com uma viagem segura, sem ter que arriscar suas vidas com os barcos no Mediterrâneo e sem alimentar e a exploração dos traficantes de seres humanos. Nos próximos meses, graças a um acordo com o governo italiano, através dos corredores humanitários chegaráo no nosso País um milhar de outras pessoas vulneráveis (vítimas de perseguição, tortura e violência, famílias com crianças, idosos, doentes, pessoas com deficiência). Esperamos que este projecto-piloto, totalmente auto-financiado pelas organizações que o promoveram, possa ser retomado a nível europeu.
 

LAs palavras do Papa no Angelus

Vídeo TG1: O Papa elogia os corredores humanitários

Dossiê: OS CORREDORES HUMANITÁRIOS