news

Acolhimento, língua, integração para os refugiados sírios hóspedes do Papa Francisco

18 Abril 2016 - ROMA, ITÁLIA

Pope Francisrefugees

Longe dos horrores da guerra, começa uma nova vida. Nour: esperamos que o gesto do Papa mude a opinião pública. Assista ao vídeo

Compartilhe Em

Três famílias sírias, doze pessoas, metade delas crianças: deixaram a Síria quando a guerra entrou nas suas casas, em seguida, uma longa e perigosa viagem os levou para a Turquia e, em fim, na Grécia. Há dois dias, Sábado, 16 de Abril mudou a vida deles. São os doze refugiados sírios que o Papa Francisco quis trazer consigo a Roma regressando de Lesbos. os hóspedes do Papa são recebidos pela Comunidade de Sant'Egidio, a honrada de poder oferecer a sua colaboração para o que Andrea Riccardi definiu um gesto de "humanidade e consistência" do Papa.

Uma nova vida começou para Hasan e Nour, Ramy e Suhila, Osama e Wafa, e os seus filhos, um grande desejo de visitar Roma, mas também de comunicar: no primeiro dia já começaram a assistir às aulas da escola de língua italiana da Comunidade, onde foram acolhidos pelos estudantes de diferentes continentes.

Aqui está uma resenha com fotos, vídeos e artigos e aprofundação sobre a história deles.

VÍDEO  PHOTOGALLERY APROFUNDAMENTOS