news

Líbia, declaração conjunta de Tuareg e Tebu apoiada pelo Governo Serraj para a reconciliação nacional

21 Abril 2016

PeaceLibya

Satisfação de da Comunidade de Sant'Egidio empenhada em apoiar o processo de paz no País

Compartilhe Em

Os Representantes Tebu e Tuareg, pertencentes às tribos mais influentes da região de Fezzan, apoiam o Conselho Presidencial da unidade Nacional de Fayez Serraj recentemente nomeado em Tripoli.

A declaração conjunta, na qual se reitera o total apoio à iniciativa da ONU e lança-se um apelo a todas as partes em conflito a apoiar o trabalho de pacificação nacional promovido pelo Conselho Presidencial, insere-se no trabalho de facilitação realizado desde à muito tempo pela Comunidade de Sant’Egidio.
Sant’Egídio expressou a sua satisfação com mais este passo em frente e continua a empenhar-se para uma Líbia pacificada através do diálogo e da ajuda humanitária.
 

Declaração conjunta dos representantes das tribos Tuareg e Tebu em 4 pontos a apoiar o Conselho Presidencial do Governo de Acordo Nacional recentemente nomeado em Tripoli

Os Representantes de Tebou e Touareg da Líbia, em nome do Movimento Nacional de Jovens Touareg do Sul e do Alto Conselho Revolucionário do Tebou do Sul, há muito tem empenhados num diálogo para uma coexistência pacífica no sul do país reafirmam nos documentos de Doha de 22 de Novembro de 2015 e de Roma de 28 de novembro de 2015, o seu compromisso com o processo de paz promovido pelo enviado especial da ONU na Líbia;

Dadas as recentes mudanças na situação política e a esperança despertada pela saída da crise e da divisão na qual o nosso país se encontra à muito tempo;
fortemente convictos que somente através do diálogo é possível sair da crise atual e estabelecer as bases para um futuro de paz para a Líbia;

Considerando o desejo comum para uma Líbia unida, democrática e multicultural, casa comum para todos os líbios;

Declaramos conjuntamente:


1. O apoio as Conselho Presidencial do Governo de Acordo Nacional, ao qual esperamos o mais rapidamente possível o pleno apoio de todos os membros e facções no país;

2.O comum e repetido apoio ao processo de negociação promovido pela Organização das Nações Unidas e, em particular,  pelaUNISMIL para a pacificação do nosso país, como foi reiterado pelas nossas respectivas delegações no documento assinado em Roma a 28 de Novembro de 2015 junto à Comunidade de Sant'Egidio, para o bem do sul da Líbia e de todo o país;

3. O nosso apelo sério a todas as facções da Líbia e particularmente àqueles que ainda não aderiram plenamente ao processo de paz promovido pela ONU, a superarem todos os particularismos e permitirem ao Conselho Presidencial do Governo de Acordo Nacional de exercer as próprias funções em todo o território da Líbia.

4. O empenho para que a pacificação do país aconteça o mais rapidamente possível eque o sul do país seja apoiado na contribuição para a paz e totalmente incluído na criação de um país pacífico e próspero.

Pelo Movimento Nacional de Jovens Touareg do Sul
Aboubakr Akhat Mohammed Al-Amin
Pelo Alto Conselho Revolucionário Tebou do Sul
Mabruk Jomode Elie Getty

A declaração em Árabe >>