news

Crianças, idosos, prisioneiros: de Mzuzu, no norte do Malawi, um grande impulso para proteger os mais pobres

25 Abril 2016 - MZUZU, MALAWI

Marco Impagliazzo encontrou as Comunidades do norte do País

Compartilhe Em

Em Mzuzu reuniram-se as Comunidades do norte do Malawi para um encontro com Marco Impagliazzo. Reflectiu-se sobre o valor da amizade como uma forma de abordar o pessimismo e a resignação de muitos jovens malauianos. Amizade que nos últimos anos tocou as vidas de tantas pessoas necessitadas como as crianças, os idosos e os prisioneiros.

Destacou-se em especial modo a condição de tantas meninas da região que não frequentam a escola, porque são forçadas a trabalhar. Assim como emergiram as condições desumanas nas prisões (superlotação, falta de higiene e alimentos), onde os jovens da comunidade vão visitar os prisioneiros.

Decidiu-se reavivar as escolas da paz em todo o país para proteger e apoiar as crianças mais pobres
.

   
   
   
 Malawi enfrenta nos últimos meses a crise dos refugiados de Moçambique, devido à instabilidade política na região de Tete. Mais de 15.000 refugiados moçambicanos estão a viver agora em Malawi em campos não-equipados em pobreza extrema.

A Comunidade estará ao lado destas pessoas a partir dos próximos dias.

De Sul a Norte do Malawi surge o desejo e o entusiasmo de ser um povo da amizade, "miracle friendship", de acordo com as 3 P indicadas pelo Papa Francisco: prece, pobres e paz.