news

Refugiados, Sant'Egidio: felizes em continuar a acolher as famílias trazidas a Roma pelo Papa

17 Junho 2016

Pope Francisrefugeeshumanitarian corridor

Com estes gestos Francisco mostra qual é a verdadeira alma da Europa: não muros, mas corredores humanitários

Compartilhe Em

Após a primeira chegada a 16 de Abril, a Comunidade de Sant'Egidio tem o prazer de acolher e promover a integração também do segundo grupo de refugiados - composto por 9 pessoas - que o Papa quis trazer da Grécia. O renovado gesto de Francisco – anunciado esta manhã pela Sala de Imprensa do Vaticano - faz compreender a todos que não os muros, mas o acolhimento e a inclusão são a verdadeira alma da Europa e a base para repensar ao seu futuro.

A comunidade sente-se encorajada ainda mais, com esta iniciativa, a desenvolver o projecto dos corredores humanitários - realizado ecumenicamente com as igrejas evangélicas e a Tavola Valdese - que mesmo ontem fez chegar à Itália mais 81 refugiados sírios: os já 280 vindos do Líbano, de Fevereiro a hoje, está a mostrar que este modelo, que combina solidariedade e segurança, funciona e também é replicável em outros Países europeus.