news

No campo de refugiados de Luwani, onde estão milhares de moçambicanos, chega a ajuda de Sant'Egidio Malawi

8 Julho 2016 - MALAWI

MozambiqueMalawiHumanitarian aidRefugees

Compartilhe Em

 

Nos últimos dias, um grupo de jovens de Sant'Egidio de Blantyre, juntamente com Padre Frank e Padre Ernest, dois sacerdotes da  Comunidade do Malawi, distribuiram  ajuda aos refugiados moçambicanos no campo de refugiados de Luwani, uma enorme extensão de tendas que há vários meses hospeda mais de 4.000 pessoas que fugiram do seu país para escapar da violência e dos saques que ocorreram na região de Tete - especialmente nas zonas rurais - neste período de grave instabilidade política e crescente violência em Moçambique.

O campo situado a 70 km de Blantyre, numa área isolada, de difícil acesso, longe dos centros habitados e dos meios usuais de transporte. A maioria dos refugiados são mulheres e crianças ou adolescentes, muitas vezes sem os pais. São pessoas muito pobres que perderam tudo, não têm roupas, utensílios, alimentos, fugiram de repente das suas casas, muitas vezes queimadas.

Cerca de um mês atrás, uma delegação da Comunidade tinha visitado o acampamento e tomaram nota das condições e ads necessidades mais urgentes, a fim de prever um plano de ajuda eficaz.

Roupas e sapatos foram distribuídos principalmente para as crianças - que são a maioria da população do campo - baldes e bacias para as famílias, para o abastecimento de água, para se lavar e cozinhar. Muito úteis, os comprimidos para purificar a água para beber. A falta de água potável é, de facto, uma das principais causas de doenças, infecções dentro do campo.

Grande a alegria dos refugiados, que agradeceram por não serem esquecidos. A presença dos dois jovens sacerdotes, encorajou os refugiados para pedir a oportunidade de receber a comunhão. Em breve iremos realizar uma missa no acampamento para eles.