news

A alegria pela libertação do Padre Maccalli. Continuamos a rezar por todos aqueles que foram raptados

9 Outubro 2020

Peace

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio alegra-se com a libertação do Padre Pier Luigi Maccalli e Nicola Chiacchio, libertados ontem juntamente com dois outros reféns - a colaboradora francesa Sophie Petronin e o ex-ministro das Finanças do Mali, Soumaïla Cissé - e felicita aqueles que trabalharam para a libertação deles.

O padre da Sociedade das Missões Africanas tinha sido raptado há mais de dois anos por um grupo jihadista, enquanto ajudava a população na paróquia de Bomoanga, na diocese de Nyamei. Em muitos países africanos, os missionários realizam um trabalho precioso ao lado dos mais pobres e doentes: a sua é uma presença europeia amigável e gratuita no continente africano, que corre o risco de se enfraquecer devido às condições difíceis em que se encontram a trabalhar.

A preocupação permanece elevada para aqueles que, em diferentes partes do mundo, ainda estão nas mãos dos sequestradores e pelos quais a Comunidade de Sant'Egidio continua a rezar, na esperança de um rápido regresso a casa.