news

"A palavra-chave é fraternidade: Só juntos é possível salvar-se". Entrevista com Marco Impagliazzo em "Viagem na Igreja do Papa Francisco" (Rai 1)

19 Julho 2021

Marco Impagliazzo
Interfaith dialoguehumanitarian corridor

Compartilhe Em

O Presidente da Comunidade de Sant'Egidio, Marco Impagliazzo, fala sobre o desafio da fraternidade começando pela "Fratelli tutti" (Irmãos todos), na entrevista televisiva a "Viagem na Igreja do Papa Francisco" (Rai 1). A pandemia tornou mais evidente que não nos salvamos sozinhos, mas somente juntos, mostrando a loucura de imaginar caminhos de salvação nacionais ou para grupos particulares. Na globalização, o diálogo é o instrumento não para 'misturar' mas para as pessoas se conhecerem e respeitarem umas às outras. Os corredores humanitários são o fruto da fraternidade, caminhos de acolhimento e integração que salvam as vidas dos refugiados, e que nascem do diálogo ecuménico, da iniciativa conjunta de Sant'Egidio, da Federação das Igrejas Evangélicas em Itália e da Mesa Valdense.