Oração com os santos

Compartilhe Em


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sois uma geração escolhida
um sacerdócio real, uma nação santa,
povo resgatado por Deus
para proclamar as suas maravilhas.

Aleluia aleluia, aleluia

São João 15,1-8

«Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor. Ele corta todo o ramo que não dá fruto em mim e poda o que dá fruto, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais purificados pela palavra que vos tenho anunciado. Permanecei em mim, que Eu permaneço em vós. Tal como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, mas só permanecendo na videira, assim também acontecerá convosco, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em mim e Eu nele, esse dá muito fruto, pois, sem mim, nada podeis fazer. Se alguém não permanece em mim, é lançado fora, como um ramo, e seca. Esses são apanhados e lançados ao fogo, e ardem. Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e assim vos acontecerá. Nisto se manifesta a glória do meu Pai: em que deis muito fruto e vos comporteis como meus discípulos.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sereis santos,
porque Eu sou santo, diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Com esta página evangélica, inicia a segunda parte do discurso de adeus de Jesus aos discípulos. Já falou da comunhão com eles que se realiza através do amor e do Espírito Santo. Agora, com a imagem do Pai como agricultor, do Filho como a videira e dos discípulos como os ramos, Jesus quer descrever aquela circularidade do amor que une os discípulos, Ele e o Pai. Várias páginas da Bíblia recorrem à imagem da videira (e da vinha) para descrever a relação entre o Senhor e o Seu povo. No entanto, desta vez, a videira não é o povo de Israel, mas Jesus: Ele é a "verdadeira videira" que produz bons frutos e que dá a vida aos ramos. A comunhão entre Jesus e o Pai é a fonte da Sua própria vida e a origem da Sua acção. Ele desceu do Céu sobre a Terra para realizar a vontade do Pai. E Jesus mostra a vontade do Pai com a imagem da videira: unindo a Si os discípulos, como os ramos estão unidos à videira, permite com participem no mesmo amor que Ele tem para com o Pai. Para os ramos, é vital permanecerem ligados à videira, no pleno sentido da palavra. Por isso, Jesus continua: "Quem fica unido a Mim, e Eu a ele, dará muito fruto, porque sem Mim não podeis fazer nada". Como é possível permanecer ligado à videira? Jesus explica: "Se ficardes unidos a Mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e ser-vos-á concedido". O termo "ficar", usado onze vezes neste trecho evangélico, é seguido pela expressão "dar fruto", usada oito vezes. Dar fruto é próprio daqueles discípulos que escutam a Palavra de Deus com o coração atento e põem-n'A em prática.