news

Uma escola no campo dos refugiados para um futuro melhor para as crianças Rohingya

26 Abril 2018 - BAZAR DE COX, BANGLADESH

RohingyaHumanitarian aid

Chamar-se-á Escola de Esperança e Paz

Compartilhe Em

Mesmo quando a estação das monções torna a situação ainda mais dramática, os refugiados continuam a chegar a Bangladesh, quase 100 por dia - quase todos por mar devido à impraticabilidade das montanhas. Até o momento, há cerca de 1.000.000 de refugiados Rohingya, espalhados em 15 campos, incluindo 520.000 crianças a que falta de tudo.

Sant’Egidio iniciou a construção da primeira e única escola de refugiados no campo de Jamtholi, no sul de Cox’s Bazar. Uma estrutura estável (até a altura de 1 metro feita com tijolos) que oferecerá educação escolar, sanitária e afectiva a mais de 300 crianças, quer refugiadas Rohingya quer crianças "nativas" de Bangladesh. Porque o futuro também é integração.

A escola, cujas obras serão concluídas pelo final do mês de Maio, é o resultado de uma colaboração com as associações muçulmanas Muhammadiyah (Indonésia) e We The Dreamers (Bangladesh). Dará trabalho e salário a 4 professores Rohingya presentes no campo. Entre as várias disciplinas, as crianças aprenderão a ler e escrever a sua língua nativa e a língua birmanesa. Um verdadeiro aproamento para todas aquelas crianças que perderam tudo. É precisamente por esta razão que a escola será intitulada "School of Hope and Peace": a esperança que perderam e a paz que muitas delas nunca conheceram.

_________________

Se quiser, pode contribuir para esta iniciativa com uma doação online



Uma escola no campo dos refugiados para um futuro melhor para as crianças Rohingya
Uma escola no campo dos refugiados para um futuro melhor para as crianças Rohingya
Uma escola no campo dos refugiados para um futuro melhor para as crianças Rohingya