news

Dia Internacional dos Idosos: na Guiné-Bissau, o compromisso para superar os preconceitos

2 Outubro 2019 - GUINÉ-BISSAU

ELDERLY

Compartilhe Em

No âmbito do Dia Internacional do Idoso promovido pelas Nações Unidas em 1º de Outubro, na Guiné-Bissau, a Ministra da Mulher, da Família e da Proteção Social encontrou os idosos da Comunidade de Santo Egídio, para escutar a voz deles e oferecer com presente produtos de necessidades básicas.

A Ministra Cadi Seide expressou-se com palavras de agradecimento e apresentou um certificado de reconhecimento do compromisso de Sant Egidio com as pessoas mais vulneráveis, como crianças, prisioneiros, pessoas com deficiência e idosos. Estes últimos são frequentemente acusados de feitiçaria e isolados da sociedade, como na dramática história de Ana Có, que contou ao ministro que tinha sido abandonada pela sua família depois de perder cinco de seus seis filhos.

A atenção ao idoso quer ser acompanhada de um compromisso concreto, em termos de ajuda material, mas também para difundir uma cultura de proteção e promoção da dignidade do idoso, de forma contínua, aproveitando as ocasiões de reflexão como o International Day of Older Persons a 1 de 0utubro e Dia dos avós na Itália e outros países, em 2 de Outubro.
 



Dia Internacional dos Idosos: na Guiné-Bissau, o compromisso para superar os preconceitos
Dia Internacional dos Idosos: na Guiné-Bissau, o compromisso para superar os preconceitos
Dia Internacional dos Idosos: na Guiné-Bissau, o compromisso para superar os preconceitos
Dia Internacional dos Idosos: na Guiné-Bissau, o compromisso para superar os preconceitos