news

Mortes no camião na Grã-Bretanha: tragédia inaceitável para a Europa, travar os traficantes de homens favorecendo rotas regulares de entrada

23 Outubro 2019 - REINO UNIDO

Immigration

Os países europeus adoptem com urgência as medidas necessárias para evitar novas vítimas inocentes

Compartilhe Em

A descoberta, na Grã-Bretanha, de 39 pessoas, incluindo um adolescente que morreu de privações num camião, move-nus a grande comoção. Mesmo que, no momento, a nacionalidade das vítimas ainda seja desconhecida, tudo sugere uma nova tragédia da imigração, inaceitável para a Europa dos direitos humanos.

A Comunidade de Sant'Egidio faz um apelo às instituições e aos países europeus para que tomem medidas o mais rápido possível, capazes de conter a triste contagem de mortes nas viagens da esperança, neste caso por terra, provavelmente pela rota dos Balcãs ou no mar Mediterrâneo, como aconteceu novamente, alguns dias atrás,diante ds costas de Lampedusa.

Algumas medidas podem e devem ser tomadas com urgência. A primeira diz respeito à reabertura das entradas regulares por motivos de trabalho, dada também a forte demanda existente de mão de obra em vários sectores da economia europeia e nos serviços às pessoas, a partir dos países mais afectados pelo declínio demográfico. Em segundo lugar, para aqueles que fogem das guerras, devem ser incentivados os corredores humanitários, de acordo com o modelo experimentado com sucesso, a partir de Fevereiro de 2016, por Sant'Egidio, juntamente com as Igrejas Protestantes e a CEI, mas também retomar em consideração as recolocações dentro da Europa. Por fim, acreditamos que é necessário focar numa cooperação consistente e renovada com os países de origem da imigração, para oferecer aos jovens um futuro aí onde vivem, sem serem tentados a oferecer o seu destino aos traficantes de homens.