news

Senegal: retomaram as negociações de paz para a Casamança

2 Março 2020 - SENEGAL

PeaceCasamance

Compartilhe Em

Entre 28 e 29 de Fevereiro, representantes do Presidente do Senegal Macky Sall e uma delegação do Movimento das Forças Democráticas de Casamança (MFDC), liderada por Salif Sadio, se reuniram na Comunidade de Sant’Egidio. pós uma interrupção da negociação de vários meses, as partes reafirmaram solenemente a vontade política do presidente Macky Sall e do chefe do MFDC Salif Sadio de encontrar uma solução para o conflito em Casamance, que afecta a região há mais de 30 anos, por meio de negociações.

Uma guerra esquecida que causou milhares de vítimas e refugiados, envolvendo também alguns estados vizinhos, como a Gâmbia, que separa a Casamança do resto do Senegal, e a Guiné-Bissau.

A região, povoada por pouco mais de um milhão de pessoas, leva o nome do rio Casamança que, antes de desaguar no Oceano Atlântico, irriga abundantemente o solo e o torna fértil. Infelizmente, a maioria das colheitas está abandonada devido à presença de minas, e muitos jovens são forçados a emigrar para o norte do país em busca de emprego ou estudo.

Numa declaração conjunta, os representantes do Presidente do Senegal e do MFDC declararam "a necessidade de retomar negociações regulares por meio da mediação de Sant’Egidio, para dar novo impulso ao processo de paz em Casamança”.

LEIA O COMUNICADO (FR)