news

Pêsames pelas vítimas do atentado em Grand-Bassam. Defendemos a paz e a convivência na Costa do Marfim e na África Ocidental

14 Março 2016

Ivory CoastTerrorism

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant’Egidio, presente há anos na Costa do Marfim, manifesta os seus pêsames pelas vítimas do atentado de ontem na praia Grand-Bassam, um lugar não-exclusivo para os ocidentais, mas um lugar de reunião para as pessoas comuns nos dias de festa. O ataque terrorista atingiu um país símbolo de coabitação entre os diferentes grupos étnicos, onde as diferentes religiões - especialmente cristianismo e islamismo - sempre viveram em paz, e onde a grave crise que durou de 2002 ao início de 2011, com episódios de guerra civil, teve origens políticas e não religiosas.   
O atentado faz parte de uma estratégia que quer atingir toda a África Ocidental e que já fez numerosas vítimas na Nigéria, Mali e, recentemente, em Burkina Faso. Sant'Egídio, empenhada - ao lado de sua amizade com os pobres - no trabalho pela paz na Costa do Marfim e em toda a região, acredita que é necessário investir no diálogo, para fortalecer a convivência e apoiar as pessoas que com dificuldade, após recentes crises políticas, estão a reconstruir a base para o desenvolvimento social e económico.