news

Floribert, jovem mártir da corrupção: aberta oficialmente a causa de beatificação pelo bispo de Goma

23 Novembro 2016 - GOMA, REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO

AfricaMartyrsCongoFloribert Bwana Chui

"Um modelo para os cristãos do Congo", disse Mons. Kaboy em peregrinação ao túmulo de Floribert com a Comunidade de Sant'Egidio

Compartilhe Em

 

Ontem, em Goma o Bispo Théophile Kaboy abriu oficialmente o processo canônico para a beatificação de Floribert Bwana Chui bin Kositi, jovem da Comunidade de Sant'Egidio morto em 9 de Julho de 2007 por ter resistido a uma tentativa de corrupção, em virtude da sua escolha Cristã de não permitir que grandes quantidades de comida estragada e perigosa para a saúde da população, pudessem chegar ao mercado da cidade. Por esta razão, a diocese quis começar uma investigação para aprofundar a sua figura e a sua morte, que tem todas as características do martírio.

O bispo sublinhou o facto deste processo começar mesmo no dia em que a Igreja celebra a festa de Santa Cecília, uma jovem cristã de Trastevere, que foi um exemplo para as primeiras gerações cristãs. Liu nisto um laço profundo entre a figura de santa Cecília e a de Floribert, unido pela sua vocação cristã à Comunidade de Sant'Egidio, que tem suas origens precisamente em Trastevere, e a sua jovem idade, o que pode ser um exemplo de vida cristã para os jovens de hoje atraídos pela idolatria do dinheiro e successo.

No final da primeira sessão do processo, o bispo e as comissões, foram juntos com a Comunidade ao túmulo de Floribert para um momento de oração. Ali Mons. Kaboy disse que dar a conhecer a figura e a vida de Floribert é tarefa de toda a comunidade cristã de Goma, para que o seu exemplo seja um modelo para os jovens e para todos os cristãos.

Na parte da tarde celebrou-se uma liturgia solene na catedral, onde se recolheu a comunidade cristã, e o Bispo explicou aos fiéis o sentido do processo canônico para um filho da Igreja de Goma e um irmão da Comunidade Sant'Egidio.

Foi um dia de grande alegria, que envolveu todos os irmãos e as irmãs que hoje são particularmente gratos a Sant'Egidio para o legado e a memória de Floribert, que cultivou sempre o amor ao Evangelho e aos pobres e que animou a sua vida e o seu testemunho.