news

Incêndio do campo de ciganos em Roma: dor e proximidade aos ciganos, vítimas de uma violência sem precedentes

10 Maio 2017

RacismRoma and Sintiviolence

Após a morte de três irmãs no fogo, é necessário agir para superar as causas da marginalização

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio exprime a sua tristeza e a seus sentimentos à família cigana afetada pelo terrível ato de violência, que resultou na morte de Francesca (4 anos), Angelica (8 anos) e Elisabeth (20 anos), mortas no fogo no seu campo na noite passada em Roma.


Perante uma tragédia que nos deixa consternados, devemos parar-nos e perguntar-nos sobre as condições de vida em que muitos ciganos são forçados a viver na capital de Itália, mas também na disseminação do preconceito e desprezo por eles, alimentando um verdadeiro anticiganismo.


A Comunidade de Sant'Egídio, amiga dos ciganos, junta-se a este povo, composto em grande parte por crianças, e convida a todos, instituições e cidadãos, a esforçar-se para superar as causas da marginalização.