news

"Bravo!", um programa para uma nova cultura da vida: cinco novos centros de registo abertos em Moçambique. A Beira volta à vida.

25 Julho 2019 - MOÇAMBIQUE

childrenBRAVO
Birth registration

Ver vídeo

Compartilhe Em

"Termos registado cerca de 300.000 crianças este ano é um marco muito significativo" isse Nelson Moda, da Comunidade de Sant'Egidio, numa cerimónia de inauguração de mais um centro de registo "Bravo!", em Ponta-Gea.

Em Julho de 2019, foram inaugurados cinco novos centros de registro de estado civil para crianças - e não só - pelo programa Bravo! em Moçambique: 2 em Maputo no Hospital Geral de Mavalane e no Hospital Geral Polana Caniço e 3 na Beira, cidade atingida pelo ciclone Idai, no Centro de Saúde de Ponta-Gea, no Hospital Central da Beira e no centro de saude da Munhava.

A inauguração dos centros de registo na Beira, atingida pelo ciclone Idai, é um sinal de "ressurreição" para esta cidade tão afectada. De facto, além de ter destruído os cartórios e centros de registo civil, o ciclone destruiu casas e escolas, resultando na perda de documentos de identidade para milhares de pessoas. Abrir esses centros é dar a possibilidade a muitas crianças e adultos de voltar a existir. Além disso, a Província da Beira, Sofala, já era, antes do ciclone, uma das áreas com menor taxa de registo do estado civil.

A abertura de escritórios de registo civil nas maternidades é uma conquista importante do Programa BRAVO! e tem sido reconhecida internacionalmente como uma acção estratégica para aumentar a percentagem de crianças registadas à nascença assim como uma ferramenta fundamental para proteger as suas vidas.

Reunir-se com as mães e sensibilizá-las durante a gravidez e no período pós-parto promove e facilita o registo de nascimento das crianças e garante-lhes o direito à cidadania e a protecção contra as formas de exploração, é o primeiro passo para reconhecer e garantir os seus direitos civis. E este o grande trabalho dos ativistas do Programa Bravo! para o apoio e a proteção das crianças.

Além disso, a disseminação de centros de saúde no território facilita aos pais o registro dos seus filhos diretamente à nascença, e de forma gratuita.

Este trabalho minucioso está a ter um impacto importante também a nível cultural, tal como é possível ouvir na televisão moçambicana, reproduzido aqui

 

PARA APOIAR O PROGRAMA

Dona online

 

PARA SABER MAIS

FICHA: O programa BRAVO