news

O processo de paz no Sul do Sudão retoma com as conversações de Sant'Egidio: o compromisso para o diálogo entre as partes e um novo acordo de cessar-fogo

14 Outubro 2020 - ROMA, ITÁLIA

Peace
South Sudan

Vídeo da conferência de imprensa

Compartilhe Em

Esta manhã teve lugar uma conferência de imprensa na Sala da Paz de Sant’Egidio para ilustrar os resultados das conversações realizadas em Roma nos últimos dias entre as delegações do governo do Sudão do Sul e da oposição, com o objectivo de fazer avançar a paz no país.

(ANSA 14 de Outubro): Um novo compromisso das duas partes em conflito no Sudão do Sul para calar as armas, numa esperança renovada de paz. Mediadora do encontro realizado em Roma, a Comunidade de Sant'Egidio, que também organizará os próximos encontros de carácter militar e político, ambos marcados na capital italiana de 9 a 12 de Novembro e no dia 30 do mesmo mês na sede da Comunidade.
O primeiro, que inclui a reunião dos comandantes militares, assegurará que a oposição fará parte da supervisão do cessar-fogo, enquanto o segundo conduzirá à assinatura de uma declaração de princípios de natureza política. Entre as questões importantes sobre as quais se pode chegar a um acordo estão o federalismo, a constituição, a segurança, a atribuição das terras e a reconciliação.
Na conferência de imprensa realizada hoje na sede da Comunidade de Sant'Egidio em Roma, o Secretário-Geral Paolo Impagliazzo foi acompanhado pelo delegado do governo do Sul do Sudão, Benjamin Barnaba, e pelo General Thomas Cirillo Swaka, líder do movimento de oposição do Sudão do Sul (Ssoma), coalizão de forças que não aderiram aos acordos de paz de Adis-Abeba de 2018.
"Hoje foi possível reconstruir a confiança entre as partes após a pausa representada pela pandemia, que infelizmente significou o reinício dos combates", disse Impagliazzo referindo-se às negociações em Janeiro e Fevereiro deste ano sobre o cessar-fogo. Impagliazzo agradeceu também aos observadores internacionais presentes no encontro.
O delegado do governo do Sudão do Sul recordou as palavras do Papa Francisco, que convidou as partes beligerantes do país a concentrarem-se "no que une e não no que divide". Barnaba expressou também a sua "profunda gratidão à Comunidade de Sant'Egidio, que facilitou o encontro, reiterando "o interesse na estabilidade e na paz para encontrar uma solução para o sofrimento do povo" e indicando o "diálogo" como "o único caminho".
Pela sua parte, o general encarregado da SSOMA assegurou que as forças da oposição "estão empenhadas no diálogo com o governo para encontrar uma solução para o conflito na região". "Durante as negociações, houve debates frutuosos", acrescentou ele, agradecendo a todos os parceiros de paz.
(ANSA).



O processo de paz no Sul do Sudão retoma com as conversações de Sant'Egidio: o compromisso para o diálogo entre as partes e um novo acordo de cessar-fogo
O processo de paz no Sul do Sudão retoma com as conversações de Sant'Egidio: o compromisso para o diálogo entre as partes e um novo acordo de cessar-fogo
O processo de paz no Sul do Sudão retoma com as conversações de Sant'Egidio: o compromisso para o diálogo entre as partes e um novo acordo de cessar-fogo