news

Com o Papa Francisco no Espírito de Assis para dar esperança a um mundo desnorteado pela pandemia. As palavras de Marco Impagliazzo introduzem o evento de 20 de Outubro "Paz e Fraternidade"

17 Outubro 2020

#peaceispossiblefraternity2020

Compartilhe Em

Marco Impagliazzo introduz o Encontro de Oração pela Paz no Espírito de Assis: "Ninguém se salva sozinho. Paz e Fraternidade".

«"Ninguém se salva sozinho. Paz e fraternidade", é o título que demos este ano ao Encontro Inter-religioso pela Paz no Espírito de Assis, que terá lugar pela emergência Covid-19 numa única sessão, numa tarde, terça-feira, 20 de Outubro, em Roma, na Colina do Capitólio. Estamos muito felizes por este encontro se realizar, pois havia necessidade e há necessidade de palavras de paz, palavras de esperança, palavras que indiquem um futuro para a humanidade tão abalada por esta pandemia. Estamos muito felizes pelo facto de que o Papa Francisco participará do encontro juntamente com outros importantes representantes das religiões do mundo. ...

É claro que haverá espaço para a oração, cada um segundo a sua própria tradição, e também haverá espaço para os discursos para ouvir e compreender juntos o que as religiões e os mundos religiosos têm a dizer à humanidade a fim de encontrar um futuro após a pandemia, para não se desanimar, para não ficar atordoados e desnorteados depois destes meses tão duros, tão difíceis que também provocaram e estão a provocar uma grande crise económica e social que toca a vida de muitas pessoas e que tornou todos mais pobres. É por isso que as palavras da Oração pela Paz são palavras importantes para este tempo, que terão um grande significado - espero que sim - e que nos darão a todos mais coragem não só para enfrentar pessoalmente esta crise mas também para dar esperança aos mais afectados por ela. Teremos que acompanhar muitas coisas, tudo através das redes sociais, porque podemos ser poucos em presença, respeitando as regras que são dadas neste período, mas nos abraçaremos todos virtualmente e escutaremos todas estas palavras que nos darão - eu penso, eu espero - tanta esperança».