news

Entrevista em vídeo com Alexious Kamangila, da Comunidade de Sant'Egidio, sobre a abolição da pena de morte no Malawi (Em inglês)

30 Abril 2021

Death PenaltyMalawi

Compartilhe Em

A 28 de Abril de 2021, o Malawi declarou inconstitucional a pena de morte.

Este é um passo histórico, devido em parte ao empenho de associações como Sant'Egidio, Reprieve e World Coalition against Death Penalty, que têm trabalhado em conjunto para assegurar que a moratória de facto que está em vigor há vários anos no país da África Austral se torne lei de Estado.

Alexious Kamangila, um jovem advogado e membro da Comunidade de Sant'Egidio no Malawi, foi um dos principais actores neste processo, elaborando o documento que serviu de base para a decisão do Tribunal Constitucional do Malawi.

Na entrevista (em inglês) ele fala dos esforços de Sant'Egidio para afirmar uma nova concepção de justiça no país, para a humanização das prisões, e explica os efeitos positivos deste pronunciamento do Malawi, que se junta assim às posições abolicionistas de Moçambique e da África do Sul e se oferece como um exemplo para outros países da região.