news

Humanidade e dignidade para os migrantes de Haiti: um apelo da Comunidade de Sant'Egidio nos EUA

23 Setembro 2021

Haiti
MIGRANTShumanitarian corridor

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio, nos Estados Unidos, expressou a sua profunda indignação com o cruel tratamento dado aos milhares de migrantes haitianos reunidos na fronteira em Del Rio, Texas, com um apelo a um tratamento humano e digno e à abertura de corredores humanitários.


Fugindo da pobreza extrema, das catástrofes naturais, da corrupção e da violência no Haiti
, Haiti, e procurando apenas melhorar a sua subsistência, estes indivíduos e famílias, muitos dos quais vieram com os seus filhos, devem ser tratados com compaixão, respeito e dignidade.

Sant'Egidio apela aos Estados Unidos para que adoptem uma abordagem mais humana das suas práticas de imigração, uma vez que as condições em muitos países, incluindo o Haiti, só pioraram durante a pandemia. A deportação em massa não é a resposta. Sant'Egidio apela aos Estados Unidos a demonstrar compaixão por estas pessoas mais vulneráveis e a abrir caminhos de inclusão e de acolhimento.

Acreditamos que podem e devem ser encontradas respostas mais dignas e compassivas aos acontecimentos globais com impacto no nosso mundo. Estamos convencidos de que as soluções podem ser encontradas numa visão unificada, como disse o Papa Francisco: "Estamos todos no mesmo barco".

O modelo dos corredores humanitários que a Comunidade de Sant'Egidio tem promovido em Itália e noutros países europeus é um exemplo que mostra que tais soluções são possíveis. Ser criativos e olhar de forma inteligente para o nosso futuro trará humanidade e dignidade para todos!

Texto original do Apelo

Para mais informações: Dave Sulewski, [email protected]