news

Migrantes, já esperámos demasiado tempo! Vamos fazer nossas as palavras do papa: acelerar as evacuações dos campos na Líbia, encorajar as rotas regulares de migração

24 Outubro 2021

Pope Francis
MIGRANTShumanitarian corridor

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio junta-se à forte preocupação do Papa Francisco - expressa hoje no Angelus - com as condições de vida dos migrantes que estão efectivamente bloqueados nos campos de detenção na Líbia. É um dever moral, mas também o dever dos responsáveis das instituições, lembrarem-se do terrível sofrimento deles, bem como de tantas outras pessoas forçadas a abandonar as suas terras. É necessária uma acção urgente para salvar - adequadamente, sem rejeições - e para receber, porque o tempo passa mas a situação não muda, com graves consequências para as vidas de homens, mulheres e muitas crianças.

Por conseguinte, apelamos à aceleração dos processos de evacuação desses campos e, de um modo mais geral, à promoção de "rotas regulares de migração" - como o Papa também tem apelado - como os corredores humanitários têm sido desde anos. Francisco pede-nos com razão para sermos "responsáveis": a Europa deve ser responsável, demonstrando que está à altura da situação e mantendo a sua promessa de procurar "soluções comuns" em vez de invocar novos muros. Sant'Egidio está pronto a acolher migrantes, eventualmente evacuados da Líbia, em Itália, França e Bélgica.

As palavras do papa

VÍDEO