news

Lampedusa, três anos após o naufrágio: nós #nondimentichiamo

3 Outubro 2016

refugeeshumanitarian corridor

Em 3 de Outubro de 2013, 368 refugiados eritreus morreram tentando chegar à Itália. #welcomerefugees

Compartilhe Em

 

Três anos se passaram desde aquele terrível 3 de Outubro de 2013, quando 368 pessoas, a maioria mulheres e crianças eritreus perderam a vida num naufrágio ao largo da costa de Lampedusa. Foi uma tragédia que mostrou ao mundo o sofrimento de tantas pessoas que fogem dos seus países, motivados pela esperança de encontrar paz e condições de vida dignas.

Depois de três anos, ainda há muitos refugiados que perdem as suas vidas durante a travessia do Mediterrâneo.

Nós não se esquecemos, graças aos muitos jovens da Comunidade de Sant'Egidio que nos portos da Sicília dão o bem-vindo aos refugiados que a Marinha Militar salva e aos testemunhos dos sobreviventes, como Tadese, jovem eritreu que se salvou a 3 de Outubro de 2013 e foi acolhido pela Comunidade em Roma. (Suas palavras)