Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
14 Abril 2016

Refugiados, Riccardi: Convocar um Sínodo ecumênico dos cristãos europeus. Não aos muros, acolher é um dever

 
versão para impressão

O fundador de Sant'Egidio na "Famiglia Cristiana": "Convocar brevente um Sínodo ecumênico dos cristãos europeus. As Igrejas não podem ficar prisioneiras das lógicas institucionais
ou das políticas dos seus países. Não aos muros: o acolhimento é um dever"

O fundador da Comunidade de Sant'Egidio Andrea Riccardi - sublinhando a forte mensagem de acolhimento àqueles que batem às portas da Europa, representada pela visita do próximo sábado, em Lesbo do Papa Francisco, do patriarca de Constantinopla e do Arcebispo de Atenas - lança, no artigo em "Famiglia Cristiana", a ideia de um Sínodo ecumênico dos cristãos europeus sobre a questão dos refugiados: "As Igrejas da Europa não podem ficar prisioneiras das lógicas institucionais ou das políticas dos seus Países, sem uma visão do futuro. Pergunto-me se este não é o momento para uma convocatória dos cristãos europeus, um Sínodo ecumênico para resolver a questão essencial dos refugiados e a Europa".
Para Riccardi, que recordou as palavras do Papa Francisco contra os "muros", o acolhimento aos imigrantes "é um dever", mas também "um dom" para a grave crise demográfica na Europa.

 Leia o artigo completo:

Andrea Riccardi

 

 

A Europa e os refugiados, convocar um Sínodo ecuménico dos cristãos europeus

O PAPA EM LESBO
Chegou o momento de uma convocatória aos cristãos europeus para abordar a grande questão dos refugiados

Num país pequeno, caiu um peso imenso. Enquanto, começando com a Hungria Católica, se levantam muros para se defender contra os refugiados.
Lesbo é o nome de uma tragédia: os refugiados chegam às ilhas gregas para escapar da guerra. O caso mais conhecido é a Síria, cuja refugiados migraram para o Líbano, Turquia e Jordânia. A Grécia é o primeiro porto de escala para quem chega à Europa. Em Lesbo, de 90.000 habitantes, existem, de 7 a 10 mil refugiados. Grécia - deve-se dizer - apesar da crise é generosa para com eles. O Governo faz a sua parte. Muito activa no acolhimento  é a Igreja Ortodoxa Grega, ajudada pelo arcebispo de Atenas, Hieronimos II, com uma obra coordenada pelo Metropolita Gabriel.
O Papa Francisco, em setembro de 2015, pediu a cada paroquia Europeia para que acolhesse refugiados. O apelo não teve a resposta que merecia. Também em Setembro, numa mensagem ao encontro no Espírito de Assis, em Tirana, o Papa disse: "É violência também erguer muros para bloquear aqueles que procuram um lugar de paz. É violência rejeitar quem foge de condições desumanas".
Agora Francisco da um passo muito forte. Vai para Lesbo a 16 de Abril. Acompanhado pelo arcebispo de Atenas e as autoridades gregas. Há também o Patriarca Ecuménico Bartolomeu, que tem jurisdição eclesiástica na ilha. Surgiu dele a ideia de convidar o Papa a Lesbo.
O problema dos refugiados é abordado ecumenicamente. A iniciativa dos corredores humanitários para refugiados do Líbano para Itália foi promovido pelos Valdenses e pela Comunidade de Sant'Egidio com o governo italiano. Francisco mostra como o drama dos refugiados interpele a consciência cristã europeia. Os refugiados são pobres que batem às nossas portas. Não podem voltar para traz: tem às costas o estar à beira da morte. Acolhe-los é um dever, mas também um "presente" para l`Europa em crise demográfica, à qual dão novo vigor. As próprias igrejas de vários países europeus são revitalizadas pela presença de imigrantes cristãos. Em vez disso, prega-se o medo que incha as fileiras dos diversos partidos dos "muros". Francesco, o Patriarca Bartolomeu e o Arcebispo de Atenas lançam uma mensagem através da viagem a Lesbo, que simbolicamente representa uma ponte entre a Europa e o mundo dos refugiados. As Igrejas não pode ficar prisioneiras das lógicas institucionais ou das políticas dos seus países, sem uma visão do futuro. Pergunto-me se este não será o momento para uma convocatória dos cristãos europeus (ecuménica e rápida), um sínodo ecumênico, que aborde a grande questão dos refugiados e  da Europa. O papa pode convoca-lo. E com ele o Patriarca Bartolomeu. 

Este artigo de Adrea Riccardi apareceu no n.16/2016 de  Famiglia Cristiana  



 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
13 Fevereiro 2016
HAVANA, CUBA

O abraço entre o Papa Francisco e o Patriarca Kirill em Cuba. Vídeos e aprofundamentos

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | RU
11 Fevereiro 2016

Francisco e Kirill. O encontro de Cuba que muda a história.

IT | ES | DE | FR | PT | CA | RU
14 Março 2017
PARIS, FRANÇA

A partir de Hoje os corredores humanitários para os refugiados também em França, assinado esta manha o acordo no Palácio do Eliseu

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | RU | PL | HU
17 Fevereiro 2016

Andrea Riccardi num vídeo reitera o seu apelo: Alepo está a morrer. Temos de agir rapidamente #SaveAleppo

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | RU | UK
22 Dezembro 2011

Andrea Riccardi - notícias de imprensa internacional

IT | ES | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
22 Agosto 2017
Corriere della Sera

Per il Papa l’integrazione è il processo chiave

30 Abril 2017
Corriere della Sera

L’intervento. Il patto con l'islam che aiuta l'unità tra cristiani

31 Agosto 2017
Famiglia Cristiana

Apriamo gli occhi sull'inferno libico

16 Junho 2017
L'Unione Sarda

Ozieri, conferenza sui migranti con il professor Andrea Riccardi

3 Novembro 2016
Famiglia Cristiana

Ma sugli immigrati la UE deve fare di più

2 Novembro 2017
Famiglia Cristiana

Andrea Riccardi. Pena di morte: orrore e ingiustizia

todos os press releases
• EVENTOS
15 Novembro 2017 | BARCELONA, ESPANHA

Presentación del libro de Andrea Riccardi: "Periferias. Crisis y novedades para la Iglesia"

Todas as reuniões de oração pela paz
• PENA DE MORTE NO
24 Setembro 2015

Pope Francis calls on Congress to end the death penalty. "Every life is sacred", he said

ir para nenhuma pena de morte
• DOCUMENTOS

L'omelia di Mons. Marco Gnavi alla preghiera Morire di Speranza, in memoria dei profughi morti nei viaggi verso l'Europa

Appello al Parlamento ungherese sui profughi e i minori richiedenti asilo

Intervista a Papa Francesco in occasione del viaggio apostolico in Svezia

Non muri ma ponti: il messaggio di Andrea Riccardi al 4° congresso di 'Insieme per l'Europa'

Andrea Riccardi - Oriente e Occidente - Dialoghi di civiltà

todos os documentos