Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
13 Outubro 2017

As palavras do Papa Francisco

A pena de morte é uma medida desumana que humilha a dignidade pessoal.Em si mesma, é contrária ao Evangelho

porque voluntariamente se decide suprimir uma vida humana que é sempre sagrada aos olhos do Criador

 
versão para impressão

 Penso na pena de morte. Esta problemática não pode ficar reduzida a mera recordação histórica da doutrina, sem se fazer sobressair, por um lado, o progresso na doutrina operado pelos últimos Pontífices e, por outro, a renovada consciência do povo cristão, que recusa uma postura de anuência quanto a uma pena que lesa gravemente a dignidade humana. Deve afirmar-se energicamente que a condenação à pena de morte é uma medida desumana que, independentemente do modo como for realizada, humilha a dignidade pessoal. Em si mesma, é contrária ao Evangelho, porque voluntariamente se decide suprimir uma vida humana que é sempre sagrada aos olhos do Criador e cujo verdadeiro juiz e garante, em última análise, é apenas Deus. Nunca homem algum, «nem sequer o homicida, perde a sua dignidade pessoal» (Carta ao Presidente da Comissão Internacional contra a Pena de Morte, 20/III/2015), porque Deus é um Pai que sempre espera o regresso do filho, o qual, sabendo que errou, pede perdão e começa uma vida nova. Por conseguinte, a ninguém se pode tirar não só a vida, mas até a própria possibilidade de um resgate moral e existencial que redunda em proveito para a comunidade.

Nos séculos passados em que se confrontava com uma pobreza dos instrumentos de defesa e a maturidade social não conhecera ainda o devido desenvolvimento positivo, o recurso à pena de morte aparecia como consequência lógica da aplicação da justiça que se devia seguir. No próprio Estado Pontifício, infelizmente, recorreu-se a este remédio extremo e desumano, descurando o primado da misericórdia sobre a justiça. Assumimos as responsabilidades do passado, reconhecendo que aqueles meios eram ditados por uma mentalidade mais legalista que cristã. A preocupação por conservar íntegros os poderes e as riquezas materiais levara a sobrestimar o valor da lei, impedindo que se chegasse a uma maior profundidade na compreensão do Evangelho. Mas, permanecer neutrais hoje perante as novas exigências de reafirmação da dignidade pessoal, tornar-nos-ia mais culpáveis.

Aqui não estamos perante qualquer contradição com a doutrina do passado, porque a defesa da dignidade da vida humana desde o primeiro instante da conceção até à morte natural sempre encontrou, no ensinamento da Igreja, a sua voz coerente e autorizada. O desenvolvimento harmónico da doutrina, porém, requer que se abandone tomadas de posição em defesa de argumentos que agora se apresentem decididamente contrários à nova compreensão da verdade cristã. Aliás, como já recordava São Vicente de Lérins, «talvez alguém pergunte: Não haverá progresso algum dos conhecimentos religiosos na Igreja de Cristo? Há, sem dúvida, e muito grande. Com efeito, quem será tão malévolo para com a humanidade e tão inimigo de Deus que pretenda impedir este progresso?» (Commonitorium, 23.1: PL 50, 667). Por isso é necessário reiterar que, por muito grave que possa ter sido o delito cometido, a pena de morte é inadmissível, porque atenta contra a inviolabilidade e dignidade da pessoa.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
22 Fevereiro 2016
ROMA, ITÁLIA

No Congresso Internacional promovido por Sant’Egidio os ministros de 30 países debatem sobre as perspetivas abertas para o fim da pena capital. O encontro com o Presidente Mattarella.

IT | EN | ES | FR | PT | CA | RU
21 Fevereiro 2016

Acolhemos com alegria o apelo do Papa para uma moratória das execuções durante o Jubileu da Misericórdia

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL
24 Setembro 2015

Gratidão pelas palavras do Papa Francisco para o Congresso dos EUA: Não à pena de morte!

IT | EN | ES | DE | FR | PT
17 Maio 2010

Decorreu em Roma o V Congresso Internacional dos ministro da justiça, “ Da moratória à abolição da pena capital” onde participaram representantes de 30 Países. Textos e imagens

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
7 Novembro 2009

Roma – Um grupo de funcionário do departamento penitenciário iraquiano, no âmbito dum curso sobre a administração da justiça, encontram a Comunidade de Sant'Egidio

IT | EN | DE | FR | PT | NL
todas as notícias
• IMPRIMIR
28 Janeiro 2016
il Cittadino

Life: un libro contro la pena di morte

21 Fevereiro 2016
Vatican Insider - ES

Francisco pide abolir la pena de muerte con el Jubileo

3 Janeiro 2016
Catalunya Cristiana

Celebrada la Jornada Ciutats per la vida-Ciutats contra la pena de mort

21 Abril 2015
La Scintilla Italiana

THE BOOK CORNER: A REVIEW OF “13 WAYS OF LOOKING AT THE DEATH PENALTY”

20 Novembro 2014
La Vanguardia

Martorell se suma a la red de municipios contra la pena de muerte

21 Fevereiro 2016
La Vanguardia

Papa pide abolir la pena de muerte y que en el Jubileo no se ejecute ninguna

todos os press releases
• EVENTOS
30 Novembro 2017 | ROMA, ITÁLIA

Live concert al Colosseo per dire tutti insieme #PENADIMORTEMAI

Todas as reuniões de oração pela paz
• PENA DE MORTE NO
24 Setembro 2015

Pope Francis calls on Congress to end the death penalty. "Every life is sacred", he said

12 Março 2015
Associated Press

Death penalty: a look at how some US states handle execution drug shortage

5 Março 2015
Associated Press

Nitrogen gas executions approved by Oklahoma House

28 Fevereiro 2015
Reuters

Australian PM strikes conciliatory note over Indonesia executions

28 Fevereiro 2015
AP

US Supreme Court won't lift stay in Florida execution

25 Fevereiro 2015
Reuters

Saudi court gives death penalty to man who renounced his Muslim faith

21 Fevereiro 2015
AP

New Oregon governor will continue death penalty moratorium

15 Fevereiro 2015

Archbishop Chaput applauds Penn. governor for halt to death penalty

ir para nenhuma pena de morte
• DOCUMENTOS

Mario Marazziti: rifiutare la logica della pena di morte per non cedere alla trappola del terrore

Statement by Minister J. Kamara on the death penalty in Sierra Leone

Vice President Mnangagwa: Zimbabwe's steps toward the abolition of the death penalty

Jean-Louis Ville: Europe is against the death penalty.

Cambodian Minister of Justice, Ang Vong Vathana: Cambodia as a model of Asian country without the death penalty

Rajapakshe, Minister of Justice: Sri Lanka to protect the right to life, against the death penalty

todos os documentos

VIDEO FOTOS
2:
Malawi contra la pena de muerte
4:01
Cities for life: desde Roma al mundo entero contra la pena de muerte

432 visitas

425 visitas

454 visitas

491 visitas

451 visitas
todos os meios de comunicação relacionados