news

Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala

11 Julho 2022 - BEIRA, MOÇAMBIQUE

Andrea Riccardi
ELDERLYMozambiqueSant'EgidioSchool of PeaceCyclone Idai

Compartilhe Em

A visita de Andrea Riccardi a Moçambique chegou ontem à cidade da Beira.

A primeira etapa foi uma visita ao túmulo de Dom Jaime Gonçalves, o arcebispo da cidade que faleceu em 2016, a quem Andrea Riccardi estava ligado por uma longa amizade, e que foi, juntamente com Matteo Zuppi, um mediador no processo que conduziu ao acordoe Paz em Moçambique há precisamente 30 anos.

Seguiu-se uma visita a algumas das 53 casas construídas após o ciclone Idai e doadas aos idosos que ficaram sem abrigo. Estiveram presentes os Jovens pela Paz que construíram as casas e continuam a visitar os idosos. Para todos eles, a ajuda que receberam da Comunidade não é apenas ter encontrado abrigo mas, como disse uma delas, Helena,  «a casa fez de mim uma pessoa».  A A fazer festa ao lado dos idosos estavam as crianças da Escola da Paz que vivem nos mesmos bairros.

À tarde, realizou-se uma grande assembleia, com a presença de cerca de 500 pessoas, da Beira e das Comunidades das província de Sofala, Manica e Tete. «Ser Comunidade de Sant'Egidio - dise-lhes Andrea Riccardi - é um dom para os pobres... Os irmãos e as irmãs da Comunidade são como os anjos que na escuridão consolam, na necessidade ajudam, no medo apoiam, na fome dão de comer».



Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala
Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala
Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala
Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala
Andrea Riccardi na Beira, Moçambique, visita as casas reconstruídas após o ciclone Idai e encontra as comunidades na Província de Sofala