news

Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria

24 Junho 2020 - ABUJA, NIGÉRIA

World Refugee Day
coronavirusCovid-19

Compartilhe Em

A Comunidade de Sant'Egidio na Nigéria, com o apoio da Embaixada belga, prestou ajuda de emergência e assistência médica a mais de 200 famílias que vivem no campo de dewlocados de Kuchigoro em Abuja. Esta distribuição segue uma longa série de acções de ajuda humanitária às pessoas mais vulneráveis da sociedade. Desde Abril de 2020, mais de 500 outras famílias receberam subsídios de sobrevivência essenciais: arroz, feijão, óleo de palma e amendoim, máscaras de protecção para a Covid19 e muito mais.

Campo de Deslocados Kunchigoro em Abuja

A distribuição foi feita no campo para os deslocados internos de Kunchigoro, em Abuja. O campo está localizado na Aldeia dos Jogos, no coração de Abuja. É muito grande e continua a expandir-se dia após dia.

As pessoas que vivem no campo provêm principalmente da parte nordeste da Nigéria, que sofreu muito com os ataques terroristas dos grupos Boko Haram - agora também conhecidos como ISWAP (Província islâmica da África ocidental do Estado islâmico).

A partir de Julho de 2015, a FEMA (F.C.T. Emergency Management Agency) declarou a existência de 20.659 pessoas deslocadas internamente provenientes dos Estados de Borno, Yobe e Adamawa. Estes deslocados internos estão no campo de Kuchingoro há cerca de sete anos e já não podem regressar às suas casas devido às acções terroristas do grupo Boko Haram. Há também deslocados no campo que, devido à extrema pobreza e às duras condições de vida, optam por viver neste campo.
á mais de 2.000 pessoas no campo, tanto muçulmanos como cristãos. Contam principalmente com o apoio do governo federal através da administração da FCT (território da capital federal) e com donativos de pessoas individuais e de ONG.
Sant'Egidio apoia, ajuda e faz amizade com os residentes do campo há três anos e celebrou o Natal com os refugiados do campo durante dois anos seguidos.

Os principais desafios de um refugiado que vive no campo de Kuchingoro:
- Ausência de um sistema sanitário saudável
- falta de boas instalações de saneamento e casas de banho.
- Sem cuidados médicos: as mulheres têm de dar à luz os seus filhos nas palhotas
- Aumento constante do número de habitantes
- Falta de educação, especialmente para as crianças

É digno de nota o facto de existirem três outros campos como o de IDP em Abuja:
- Forma do campo IDP
- Campo IDP Waru
- Acampamento de deslocados internos Bama / Gwoza
- Estrada do aeroporto

 



Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria
Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria
Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria
Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria
Ajuda humanitária no campo de Kunchigoro para os deslocados internos em Abuja, Nigéria