Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
21 Junho 2016

A memória de Elard Alumando "servo bom e fiel" do Evangelho, nas Comunidades de Sant'Egidio no mundo

Terça-feira 21 de Junho o funeral em Blantyre, presidido por Mons. Vincenzo Paglia

 
versão para impressão

Como num grande abraço, as Comunidades de Sant'Egidio no mundo uniram-se nestes dias em oração e lembrança de Elard Alumando, que morreu a 10 de Junho, após uma longa doença na sequência de um acidente de viação logo após a grande festa de Natal.

A sua morte é uma dor e uma ferida para toda a Comunidade, da qual Elard foi um filho bom e generoso, mas também um pai para muitos, no Malawi e em África. "Servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor." Estas palavras do Evangelho de Mateus acompanharam a oração de tantos nestes dias, em memória de um irmão, cuja vida, generosamente vivida em prol dos outros e do Evangelho, deu muito fruto.

Terça - feira, 21 de Junho, em Blantyre, será celebrado o funeral, presidido por Mons. Vincenzo Paglia, com a participação de todas as comunidades do Malawi, Cristina Marazzi, vice-presidente vigária e Paola Germano, diretora do programa DREAM, os representantes da Itália e de outros países da África.

 A Oração para Elard 

(Sal.22; Mt.25,14-29)

"Muito bem, servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor" - desta forma o Senhor dirige-se na parábola dos talentos, àqueles servos que, uma vez recebida a sua soma a ser administrada, fazem-na frutificar. E enquanto escutamos estas palavras, pensamos no nosso irmão Elard, que faleceu ontem após uma longa doença, como resultado de um acidente de viação que o feriu logo após a grande festa de Natal. Elard faleceu cercado pelo amor dos irmãos da Comunidade de Roma e de Malawi que nos últimos tempos alternaram a sua presença para ajudá-lo na sua forte vontade de viver e de bem, e mesmo recentemente tinha recebido a visita de Marco que o tinha apoiado e fortalecido.
Hoje o Evangelho ajuda-nos a rezar porque reconhecemos que Elard, servo bom e fiel do Senhor, escuta estas palavras dirigidas a ele. Elard não teve medo! Ele fez frutificar os talentos que o Senhor lhe doou. Não se deixou intimidar pelo medo. Haveria muitas razões para ter medo. Ele conheceu a Comunidade, quando era um jovem de uma aldeia no Malawi, considerado um dos países mais pobres do mundo. Não era forte, poderoso, rico. Para os olhos do mundo era um pequeno e poderia ter muitas razões para ter medo. Mas ele acreditou na Comunidade e no Evangelho. Quando a Comunidade era uma coisa pequena e podia ser esmagada, ele não teve medo e amou-a, defendeu-a e a fez crescer. Quando a Comunidade cresceu havia outras razões para ter medo: a inveja do mal, a ditadura do materialismo, o perigo da riqueza e da força. Ele não teve medo e protegeu a Comunidade do mal. Fê-la viver para os pobres e para os pequenos. Fê-la crescer entre os jovens. O medo não ganhou sobre ele nem sequer no tempo da grave doença que o atingiu. Ele continuou a esperar, a rir, a perguntar-se como fazer crescer a Comunidade e fazer frutificar o talento. Mesmo da sua cama do hospital: ele nunca se resignou. Ele nunca enterrou o talento.
Elard tinha conhecido a Comunidade em Zomba em 1999, durante o primeiro Congresso Pan-Africano. Responsável da Comunidade no Malawi, deu um grande impulso à comunicação do Evangelho, ao serviço aos pobres, à cura e ao cuidado dos doentes. Ponto de referência para muitos e, ultimamente, do Movimento dos Jovens pela Paz, sempre tinha esperado pelo resgate do seu país, Malawi, a partir das gerações mais jovens. As Escolas da Paz foram para ele um lugar de educação à esperança e de promoção para as crianças mais desfavorecidas. Doía-lhe que muitas pequenas crianças malauianas não tivessem a chance de ter um futuro, porque sem a oportunidade de estudar. Foi no início do programa BRAVO no Malawi para dar um nome e cidadania às crianças, tirando-os para fora da invisibilidade.
Promotor de esperança em muitas áreas da vida do seu país, não concordava com a resignação, mesmo nas situações mais graves: com DREAM, o programa para o tratamento da SIDA, lutou muito para libertar da sentença de morte tantas mulheres e crianças, muitos doentes. Ele teve um alto conceito do serviço ao povo de Malawi, para a sua saúde e promoção, desenvolvendo um contacto fecundo com as instituições internacionais e do país. Testemunha de esperança, animou o compromisso de Eu-Dream; lutou para o resgate dos pobres, dos idosos e dos prisioneiros. Representou a Comunidade no Sínodo dos Bispos para a África em 2009. Comunicador simpático e convencedor do Evangelho, confirmou muitos na esperança e na fé. Cultivou muitos laços de amizade no mundo das Comunidades de Sant'Egidio, de que foi um membro do conselho de presidença desde 2009. Ele visitou muitas Comunidades em África, na Europa, em Roma e nos Estados Unidos. Foi considerado por muitos um amigo e uma testemunha do espírito do Evangelho. E hoje os nossos pensamentos estão com a sua esposa Dyna, com as sua três filhas, com a sua família, com Sant'Egidio no Malawi. Chegue o abraço de toda a Comunidade de Sant'Egidio, unida na oração, na tristeza por esta perda, em memória de um cristão sincero, de um africano que acreditou na ressurreição da África.
Queridos irmãos e queridas irmãs, a vida de cada um é um dom precioso que recebemos do Senhor. Temos de aprender a acolhê-lo, amá-lo, fazê-lo crescer. Todos recebemos uns talentos. O Evangelho diz isso claramente: são os talentos da nossa vida, da amizade, da solidariedade e Elard lutou até o fim, porque queria viver para fazer frutificar a sua vida para os outros, animado pelos muitos sonhos da Comunidade para o Malawi e para a África. Não teve medo!
Não devemos ter medo, mas abrir os nossos corações para o sonho do Evangelho, especialmente para os pobres. O sonho do Senhor era que Elard fosse um "servo bom e fiel": fê-lo viver numa grande família, sem fronteiras, como é a Comunidade. E hoje são muitos os irmãos e as irmãs de todo o mundo que choram por ele e fazem a memória dele, um irmão africano aberto ao mundo, com a consciência de pertencer a uma família alargada: a da Comunidade, reunida na bela imagem do almoço de Natal antecipado do banquete do céu onde hoje Elard está sentado, tomando parte na alegria do seu Senhor.
Cada um de nós guarda certamente uma sua lembrança pessoal, tão grande e extensa era a sua rede de relacionamentos e amizades, muitos de nós foram encorajados, incentivados por ele, e nunca devemos esquecê-lo! Cada relacionamento, cada laço, é um dom, um talento de Deus que não devemos desperdiçar no amor estéril para nós mesmos.
Jesus diz-nos que nunca devemos enterrar a esperança, o amor, a amizade, os sonhos. E mesmo aqueles que são mais jovens, testemunham a força do servo bom e fiel, que não esconde a sua vida, pensando desta forma de protegê-la, mas a coloca a serviço de Deus, de forma simples e pessoal.
Queridos irmãos e queridas irmãs, o Evangelho mostra que o reino dos céus começa quando cada um de nós, grande ou pequeno, forte ou fraco que seja, não vive preocupado com si mesmo, mas se abre ao compromisso para mudar o seu coração, ao desejo de que a vida do mais fraco seja aliviada, de que o nosso mundo seja mais justo e humano. Temos que acreditar e trabalhar para a Ressurreição da África, como fez Elard. Se não fazemos vencer o medo podemos fazer frutificar os talentos da nossa vida sempre, a nossa fraqueza pode tornar-se força, a nossa pobreza mudar-se em riqueza, e também para nós a alegria será completa. Hoje, o Senhor diz a Elard: "Muito bem, servo bom e fiel, foste fiel em coisas de pouca monta, muito te confiarei. Entra no gozo do teu senhor".
 

OBJETOS ASSOCIADOS
 

 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
30 Agosto 2016

A aula dos refugiados moçambicanos de Luwani aos Jovens pela Paz: a esperança é mais forte do que o mal

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | RU
18 Julho 2016
BLANTYRE, MALAVI

Dedicação do Centro DREAM de Blantyre à memória de Elard Alumando

IT | EN | ES | FR | PT
11 Julho 2016
BLANTYRE, MALAVI

No Malawi as Comunidades de Sant'Egidio reuniram-se com Andrea Riccardi para enfrentar juntos os desafios da comunicação do Evangelho

IT | ES | DE | FR | PT | HU
8 Julho 2016
MALAVI

No campo de refugiados de Luwani, onde estão milhares de moçambicanos, chega a ajuda de Sant'Egidio Malawi

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | RU
21 Junho 2016
BLANTYRE, MALAVI

Em Blantyre o funeral de Elard Alumando. Em sua memória, a Comunidade unida reza para a ressurreição da África

IT | EN | ES | DE | FR | PT | RU
todas as notícias
• IMPRIMIR
8 Setembro 2016
Avvenire

Malawi. Al confine 4mila i profughi dal Mozambico

18 Julho 2016
OnuItalia

Il centro DREAM di Blantyre (Malawi) dedicato al responsabile Elard. A Durban Ban apre AIDS2016

8 Julho 2016
OnuItalia

Sant’Egidio: Riccardi torna in Mozambico, aiuti a profughi mozambicani in Malawi

7 Junho 2016
OnuItalia

Un sogno contro incubo AIDS: Pacem Kawonga (Malawi) porta all’ONU esperienza DREAM

28 Abril 2016
Avvenire

Malawi. Mai più invisibili: Sant'Egidio «registra» 20mila bimbi

3 Março 2016
Avvenire

Malawi, l'orrore si ripete: 7 arsi vivi per stregoneria. Avevano ossa, forse di persone albine, per i riti

todos os press releases
• DOCUMENTOS

Preghiera per Elard Alumando

todos os documentos
• LIVROS

Eine Zukunft für meine Kinder





Echter Verlag

Un domani per i miei bambini





PIEMME
todos os livros

FOTOS

353 visitas

356 visitas

340 visitas

299 visitas

340 visitas
todos os meios de comunicação relacionados

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri