Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
28 Agosto 2015 | TOGO

Linchamentos em Togo, a campanha "Eu não concordo"

Este verão em Lomé ocorreram três episódios gravíssimos apenas no bairro de Agoé: Jovens queimados vivos porque são suspeitos de furto. A resposta de Sant’Egídio, uma grande mobilização popular.

 
versão para impressão

Linciaggi in Togo, parte la campagna "io non ci sto"Uma reação terrível, quase uma “moda” desumana, que tira a vida em vez de a dar. Assim se tornaram os linchamentos em Togo. Este verão a Lomé, a capital, entre Julho e Agosto, apenas no bairro de Agoé, foram registados três episódios gravíssimos: Jovens queimados vivos porque eram suspeitos de roubo.
A comunidade de Snat’Egidio, que à anos é amiga das crinaças de rua da zona, decidiu dizer basta avivando a campanha “Eu não estou”. O fenómeno está a aumentar de forma preocupante porque é aceite e valorizado, como um meio de dissuasão, sobretudo dos jovens, para os quais se tornou quase uma reacção normal, alimentada por SMS com as quais se assinala a localização dos furtos e se procura queimar os responsáveis.
Mas se as “moda”, também as mais terríveis, se tornam facilmente hábitos, a Comunidade está convencida que se pode avivar uma tradição contraria, aquela do respeito das leis e da vida humana, um valor muito pouco garantido nas periferias das grandes cidades africanas.

Linciaggi in Togo, parte la campagna "io non ci sto"A 15 de Agosto fez-se então uma conferência no bairro de Agoé, que reuniu 150 pessoas. Na mesa redonda participaram o chefes tradicionais do bairro, os representantes da Igreja Católica o Imã da mesquita central de Lomé e o da mesquita universitária, dois representantes da Comissão pelos direitos humanos, dois magistrados e um oficial da Policia. Os relatores agradeceram à Comunidade por ter tido a coragem de enfrentar um assunto do qual normalmente ninguém ousa falar. Todos se empenharam em falar com os seus jovens e com a população, pedindo ajuda e a presença da Comunidade para esta obra de sensibilização.

Foi muito comovente o testemunho de uma senhora que contou a atrocidade do linchamento de um jovem, Sadete, queimado vivo. Interveio também uma mãe de um rapaz de 16 anos que no dia anterior tinha sido vitima de uma tentativa de linchamento e que só a intervenção de alguns jovens da Comunidade possibilitou escapar ao linchamento.

Linciaggi in Togo, parte la campagna "io non ci sto"A comunidade propôs então um apelo contra a vingança popular que foi assinado por todos os presentes e que quer ser um instrumento de transmissão da cultura da vida em toda a cidade de Lomé. A mesa redonda, que foi seguida pelos principais media nacionais, foi concluída com uma oração e uma marcha silenciosa em memoria das vitimas dos linchamentos.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
9 Março 2015
LOME, TOGO

Um caderno e um amigo fazem a diferença para Isaac, 16 anos, que vive e trabalha numa lixeira no Togo

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
19 Janeiro 2016
LOME, TOGO

Acordo de Sede entre Sant'Egidio e a República do Togo, para o reconhecimento das actividades da Comunidade no País

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
todas as notícias
• IMPRIMIR
29 Junho 2017
SIR

Migranti: Impagliazzo (Sant’Egidio), “il presidente del Togo sarà a Lampedusa per ricordare i morti nel Mediterraneo”

3 Abril 2017
OnuItalia

Sant’Egidio: Andrea Riccardi in Togo tra le comunità che provano a guardare al futuro

29 Janeiro 2016
OnuItalia

Togo: presidente Faure Gnassingbé a Sant’Egidio, un ritorno alle origini

21 Janeiro 2016
OnuItalia

La “piccola ONU di Trastevere” sigla accordo anti-conflitto in Togo

19 Fevereiro 2014
Avvenire

Roma. Religioni insieme contro la violenza

24 Junho 2009
AGI

PENA DI MORTE: LA COMUNITA' DI SANT'EGIDIO LODA IL TOGO PER L'ABOLIZIONE

todos os press releases
• DOCUMENTOS

L'appello finale del pellegrinaggio dei giovani europei ad Auschwitz (IT)

Per una città più umana: no alla violenza, sì alla pace

Appel pour la paix au Mali

Marco Impagliazzo

L'intervento del prof. Marco Impagliazzo

Bambini e ragazzi di origine straniera per una legge sulla cittadinanza nell’interesse del Paese

todos os documentos

VIDEO FOTOS
3:11
Clochard aggrediti selvaggiamente a Genova

100 visitas

81 visitas

65 visitas

77 visitas

93 visitas
todos os meios de comunicação relacionados