Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
30 Agosto 2011 | MOÇAMBIQUE

Nacopa (Moçambique) – Começaram os trabalhos para reconstruir as casas do leprosário

 
versão para impressão

A partir de 2008 a lepra  já não é considerada como um problema de saúde pública em Moçambique (calcula-se menos de um caso em cada 10.000 habitantes) mas o País continua a se um dos países africanos com maior número de doentes.
Cerca da metade dos casos de lepra estão concentrados na província de Nampula, no Norte de Moçambique, a mais populosa do País.
Aqui vivem muitas Comunidades de Sant’Egidio. Há vários anos a Comunidade de Namitória, uma localidade do distrito de Angoche, visita um leprosário onde actualmente vivem cerca de  45 pessoas, na sua maioria doentes de lepra, juntamente com algumas crianças órfãs. São muito pobres. Por causa das mutilações provocadas pela lepra, não estão em condições de exercer alguma actividade que possa garantir o auto-sustentamento, e alguns perderam também a vista por causa da doença.



O leprosário localiza-se na localidade de Nacopa, uma zona isolada, sem energia elétrica e com grandes dificuldades de acesso à água. È uma realidade completamente esquecida. As casas, como se pode observar das fotos, estão em péssimas condições, inseguras, sem janelas, sem portas…
As pessoas da Comunidade fazem visitas regulares, levam de quando em quando alimentos, e desde alguns anos fazem o almoço de Natal com os leprosos.

No passado dia 15 de Agosto, numa cerimónia onde esteve presente também a Directora provincial do Ministério da Mulher e da  Acção Social, o representante do Distrito, os representantes da Igreja local, os chefes tradicionais, inauguraram-se os trabalhos da reconstrução das casas: “Vocês nunca nos abandonaram, mesmo quando pareciamos esquecidos: hoje começa a reconstrução das nossas casas. Vocês nos restituem a vida e a dignidade” . Disse um dos doentes, no fim da cerimónia.

As novas casa estarão concluidas até finais de Outubro.

OUTRAS IMAGENS  

 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
9 Março 2017
MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Comida e rosas na prisão feminina de Ndlavela em Moçambique, onde a pobreza é também feita de abandono

IT | ES | DE | PT
14 Janeiro 2017
MOÇAMBIQUE

Moçambique: Uma trégua que dá esperança

16 Novembro 2016
BEIRA, MOÇAMBIQUE

o Jubileu da Misericórdia na periferia africana: a oração de Sant'Egidio com os idosos de Nhangau

IT | ES | DE | PT
5 Outubro 2016
MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Em Moçambique a 4 de Outubro o encontro das religiões pela paz

IT | PT
4 Outubro 2016

Sant'Egidio e Moçambique, a história de uma paz - e de uma amizade - que hoje completa 24 anos

IT | DE | FR | PT
11 Setembro 2016

Jubileu da Misericórdia com mais de 500 crianças em Pemba, Moçambique

IT | ES | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
10 Abril 2017
Vatican Insider

Senzatetto e poveri, apre la “Lavanderia del Papa”

10 Abril 2017
Radio Vaticana

Aperta "Lavanderia di Papa Francesco" per i senzatetto

2 Abril 2017
La Vanguardia

La Michelin de los pobres

24 Março 2017
Corriere della Sera

Insinna: io sto con gli oppressi E diventa icona di Sinistra Italiana

11 Março 2017
La Repubblica - Ed. Genova

Raddoppiati i bambini tra i nuovi poveri

24 Janeiro 2017
Radio Vaticana

Istat, aumentano i senza lavoro nelle periferie di Roma e Milano

todos os press releases
• DOCUMENTOS

La Comunità di Sant'Egidio e i poveri in Liguria - report 2015

Sintesi, Rapporti, Numeri e dati sulle persone senza dimora a Roma nel 2015

Le persone senza dimora a Roma

La povertà in Italia

Alcune storie raccolte al telefono della Comunità di Sant’Egidio - 2014

Guida DOVE Mangiare, dormire, lavarsi - Padova 2014

todos os documentos
• LIVROS

A Paz. Como Moçambique saiu da guerra





CIEDIMA

Rapporto sulla povertà a Roma e nel Lazio 2012





Francesco Mondadori
todos os livros

FOTOS

151 visitas

150 visitas

159 visitas

162 visitas

164 visitas
todos os meios de comunicação relacionados