Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
11 Outubro 2013 | ROMA, ITÁLIA

O Presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz em Sant'Egidio encontra refugiados e imigrados

A política pode escutar a voz de quem percorreu as "viagens da esperança". Lampedusa se torne num lugar de acolhimento europeu

 
versão para impressão

Incontro tra Martin Schultz e i rifugiati a Sant'EgidioUltrapassar a lógica nacional porque o da emigração é um problema europeuConcordaram o Presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz e o presidente da Comunidade de Sant'Egidio Marco Impagliazzo, depois de um encontro na sede da Comunidade, com jovens, homens e mulheres de "Povo de Paz", o movimento internacional promovido por Sant'Egidio, que reúne pessoas de diferentes etnias, religiões e culturas. Um encontromarcado pelos testemunhos de alguns para os quais a "viagem da esperança" concluiu-se com sucesso, mas que carregam comsigo a dor, o sofrimento e o luto dos que não conseguiram. A todos, Martin Schulz, visivelmente emocionado, prometeu seu empenho e o do Parlamento Europeu "para evitar o destino que muitos outros conheçam o sofrimento que vós também já tiveram de suportar".

Incontro tra Martin Schultz e i rifugiati a Sant'Egidio dia de Schulz tinha começado no Vaticano com a audiência do Papa Francisco, "que vem - disse o presidente da Parlamento Europeu - de uma família de imigrantes italianos, que puderam ir para a Argentina, porque havia um sistema legal de de entrada, tal como, por exemplo, nos Estados Unidos e na Austrália. E como dever-se-á fazer para os países de nova emigração, onde poder-se-á ir a um consulado e fazer o pedido de imigração legal. O Parlamento Europeu leva a sério esta questão". Mas, entretanto, há a necessidade urgente de uma ação imediata. Schulz, que foi acompanhado pelo Embaixador junto à Santa Sé, falou nisso pela primeira vez com Andrea Riccardi, fundador da Comunidade, com Marco Impagliazzo e outros responsáveis de Sant'Egidio; em seguida, na Sala da Paz, com alguns dos que o problema emigração viveram-no na própria carne.

Incontro tra Martin Schultz e i rifugiati a Sant'Egidio

Qorbalan Esmaili e Daud Youssufi, que vêm do Afeganistão, descreveram viagens que demoram um ano ou mais, fronteiras que não se podem atravessar sem pagar pedágios caros, dias inteiros passados nas cavidades de caminhões com o risco de vida por asfixia, espancamento, tortura e também morte por  polícias hostis ou gangues paramilitares de movimentos xenófobos. Enas Mustafasudanês, descreveu a sua viagem por terra, através do deserto da Líbia e, em seguida, através do mar, e pediu: "Dizei àqueles que ficaram lá e quereriam vir aqui para não fazer a viagem que eu fiz. Dizei-lho vós, porque se eu lho disser não me acreditarão. Dizei-lhes que quem entrar na prisão em Misrata não sai vivo. Eu peço a todos vós para nos ajudar a mudar as leis, a fim de entrar legalmente na Itália". E, por fim, Lula Tekle, eritrea, da Eritréia, explicou por que muitos jovens seus conterrâneos tentam escapar do seu país: "A fim de evitar o serviço militar, que é obrigatório, e é uma experiência tão terrível, que se prefere correr um risco mortal para evitá-lo".
Lula pediu a criação de um corredor humanitário para entrar legalmente na Europa, "porque o problema é chegar lá, em Lampedusa. E , também, ajudar aqueles que tiveram a coragem de fugir".

Incontro tra Martin Schultz e i rifugiati a Sant'Egidio

Introduzido por Marco Impagliazzo, Schulz mostrou ou seu apreço para a proposta de Sant'Egidio de tornar Lampedusa "num lugar de acolhimento europeu"porque "se é verdade que aqueles que chegam lá são recebidos pelas autoridades italianas, também é verdade que o problema dos refugiados é um problema europeu". "A emigração não se vai parar - acrescentou -; outros quererão vir, mas nem todos poderão fazê-lo. Eu não tenho uma solução imediata para os problemas que me colocaram; seria uma pessoa incorrecta se eu o disser, mas eu digo que as pessoas que tentam vir aqui têm o direito de ter um futuro melhor nos seus próprios países, mais humano, precisam de democracia, direitos, emprego; e temos que lidar com isso no contexto da política exterior europeia". Depois, há um problema de política interior da Europa, o que exige a definição de um "quadro legal" para a imigração. Marco Impagliazzo concluiu com palavras de esperança: “Hoje, as decisões europeias podem ser influenciadas pelos vossos rostos, pelas vossas palavras , pelos vossos testemunhos”.  


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
23 Março 2017

Sonho um novo humanismo europeu, ao qual servem memória, coragem e utopia sadia e humana.

IT | EN | ES | DE | FR | PT
20 Fevereiro 2017

Os Jovens pela Paz falam línguas diferentes, mas têm o mesmo sonho: #periferiealcentro não aos muros e paz para todos

IT | EN | ES | DE | FR | PT
1 Fevereiro 2017
ADIS ABEBA, ETIÓPIA

30ª Cimeira da União Africana, uma delegação de Sant'Egidio encontra o novo presidente Moussa Faki

IT | ES | DE | PT
20 Dezembro 2016
FAISALABAD, PAQUISTÃO

Prémio do Ministério dos Direitos Humanos do Paquistão à Comunidade de Sant'Egidio pelo seu trabalho com os pobres

IT | EN | DE | FR | PT | NL | ID
7 Dezembro 2016
LONDRES, REINO UNIDO

Em Londres, há uma mesa para os pobres, chama-se de ''Our Cup of Tea''. O vídeo da BBC

IT | EN | ES | DE | FR | PT | NL | HU
6 Dezembro 2016
GENEBRA, SUÍÇA

Sant’Egídio torna-se Observador permanente do Conselho da Organização Internacional pela Migração

IT | ES | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
23 Março 2017
L'huffington Post

Un'Europa da fare e sognare, tra Sergio Mattarella e Papa Francesco

17 Março 2017
Sette: Magazine del Corriere della Sera

Andrea Riccardi: Le politiche sulle migrazioni devono partire dai giovani africani che usano Internet e il cellulare

16 Março 2017
Famiglia Cristiana

Andrea Riccardi: Riapriamo ai rifugiati il continente che si chiude

16 Março 2017
SIR

Papa Francesco: in libreria “Sognare l’Europa” (Edb). Riccardi (storico), “ha un’idea alta” del Vecchio Continente proponendo “un nuovo umanesimo

27 Fevereiro 2017
Vatican Insider

Usa, la solidarietà tra musulmani ed ebrei che parla al mondo

27 Fevereiro 2017
L'huffington Post

Andrea Riccardi: Un anno di corridoi umanitari. L'integrazione protegge più dei muri

todos os press releases
• EVENTOS
24 Março 2017 | ROMA, ITÁLIA

Preghiera ecumenica per l'Europa nel 60° anniversario dei Trattati di Roma

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

Appello al Parlamento ungherese sui profughi e i minori richiedenti asilo

Non muri ma ponti: il messaggio di Andrea Riccardi al 4° congresso di 'Insieme per l'Europa'

Marco Impagliazzo: Il sogno di un'Europa che promuova la società del vivere insieme e la pace

Walter Kasper

Laudatio per il prof. Andrea Riccardi in occasione del conferimento del Premio Umanesimo 2016 a Berlino

Corso di Alta Formazione professionale per Mediatori europei per l’intercultura e la coesione sociale

todos os documentos
• LIVROS

Trialoog





Lannoo Uitgeverij N.V

Dopo la paura, la speranza





San Paolo
todos os livros

FOTOS

1189 visitas

1163 visitas

1130 visitas

1194 visitas

1176 visitas
todos os meios de comunicação relacionados