Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
21 Abril 2014 | ROMA, ITÁLIA

Homilia de dom Matteo Zuppi na oração ecuménica pela Paz por ocasião da Páscoa comum para todas as Igrejas Cristãs

 
versão para impressão

 Homilia de dom Matteo Zuppi

Oração ecuménica pela Paz por ocasião da Páscoa comum para todas as Igrejas Cristãs

“Vede como é bom e agradável que os irmãos vivam juntos” (Sl 133:1). É agradável. E esta beleza é a glória de Deus, que é a força que emana de Deus. Ele ressuscitou e está no meio de nós! É uma grande alegria, uma emoção profunda, estarmos juntos, diferentes mas alegramente juntos. Agradecemos todos ao único Senhor por tão grande dom: ele venceu a morte, e com ela, portanto, o mal, o príncipe da divisão, que é a causa dela. Hoje queremos ficar juntos e rezar juntos pela paz, porque a guerra é a vitória do mal: quando os homens já não escutam a Deus destroem, toda a vida se torna num deserto, num túmulo. O mal divide, Deus une. A que se reúne aqui, hoje, é a família que Deus quer para os homens. Contemplamos como é bom estar juntos. Esta não é uma estação, onde muitos estranhos se rasam, se encontam, se ignoram, se perdem. É uma casa, onde nos sentimos de estar à vontade, porque todos encontramos aqui o nosso único Pai, que nos adoptou, porque todos estávamos longe e dispersos, e reuniu-nos com Ele, quis que fossemos seus filhos, doou tudo porque nos enviou o seu Filho.

Nós somos diferentes entre nós mas somos irmãos. O Senhor nunca faz um pessoa como outra, mas em cada pessoa pode-se ver o que Ele é. E se nos colocarmos um ao lado do outro, não é verdade que vamo-nos perder ou que não somos nós mesmos (que tristeza e que dor por aqueles que para ser si mesmos falam acima dos outros, têm que ir contra alguém para mostrar quem eles são, e sempre dizem "Eu" ou querem fazer sozinhos!) .

Esta oração é como o anjo, bonito, deslumbrante que falou com as mulheres. Hoje nesta casa compõe-se de um mosaico vivo feito das nossas histórias, cores, pedaços, todos únicos e todos diferentes, cada um adquire beleza e importância mesmo porque a sua própria identidade é colocada ao lado do outro. É a imagem viva do rosto de Jesus que temos diante dos nossos olhos. "Não tenhais medo! Ele ressuscitou!" Repete o Anjo. Jesus não salvou a si mesmo e ressuscitou por nós. Ele estava morto. Parecia tivessem razão os seus discípulos que tinham tirado da bainha a sua espada, porque achavam melhor combater o mal com o mal. O mal quer tornar-nos duros, agressivos, cheios de palavras que ferem; convence-nos de que, se queremos viver, é essencial ser maus, atacar por primeiros, fazer o que todos fazem. Em vez disso, Jesus ressuscitou porque ele amaou até o fim e com Ele ressuscita a esperança de que não é a espada a ganhar, a malícia, a violência, o preconceito, o interesse pessoal, o dinheiro. A espada pode tirar a vida, não a pode devolver!

Vemos isso bem hoje. Estamos aqui para agradecer ao Senhor e orar pela Paz. Pelo fim de todas as guerras e as violências que levantam muitas cruzes de sofrimento e de morte! As cruzes são todas nossas, porque é sempre um irmão que morre! Pensamos com tanta dor para a guerra na Síria, onde pela primeira vez os cristãos foram chamados assim. Pensamos com tanta preocupação neste momento na Ucrânia. Lembramo-nos dos muitos países onde ainda há a noite de sexta-feira e oramos para que chegue em breve a ressurreição que é a paz. Aqui nós estamos a ver isso: fomos criados para estarmos juntos. Deus nunca quer a violência! A ressurreição é uma força de paz. Não temos medo de enfrentar o mal, insolente, ameaçador, que quer nos subornar para tornar-nos, também a nós, duros, impiedosos, resignados, desiludidos, agressivos primeiro com as palavras e depois com as mãos! Não. Hoje o anjo repete para todos nós, que saibamos falar ou não, ler ou não, que sejamos bons ou não: não tenhais medo de seguir Jesus! Olha: é bom que os homens estejam sempre juntos! E 'possível! É o futuro, porque o Reino de Deus é um só, com muitas portas para entrar, mas uma única casa e uma única língua. Acreditamos nesta força de paz que Jesus dá para os fracos, como somos nós, mas que se tornam capazes de mudar o mundo. Esta força é a única que nos faz sentir bem. O amor é o poder da Páscoa. Ninguém o pode nos tirar! O amor remove as plantas ruins da divisão; abre os olhos e os corações, desarma as mãos e a língua. O anjo faz-nos tornar anjos do amor, que levam esta boa notícia para todos, especialmente para aqueles que estão a sofrer ou no desespero. A ressurreição dá-nos tanto amor. Ofereçamo-lo a todos com a nossa bondade, com a alegria que torna fácil o que de outra forma parece impossível. Vamos levá-lo onde há solidão, preconceitos, raiva, e veremos muitos corações sem vida retomar a esperar, a viver. Então, ressuscitar. Não desistamos com as primeiras dificuldades: Ele está à frente de nós, espera por nós. Se tornarmos melhor a vida, mesmo somente para uma pessoa, encontraremos o significado da nossa própria vida e ver-se-á o poder da ressurreição.

A ressurreição não é um sonho. A verdadeira ilusão é estar sozinhos! Sozinhos não há vida! Na solidão há o inferno! Cristo ressuscitou e não morre mais! E nós estamos com ele, somos dele, amemo-nos entre nós, ajudemo-nos, vivamos como seus discípulos, pois com o nosso amor e com a nossa oração o mundo ressuscite e a guerra seja derrotada. Cristo ressuscitou. De verdade ressuscitou. Aleluia, Aleluia.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
24 Outubro 2011

O Espírito de Assis: 25 anos de Oração pela Paz

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL | RU
3 Novembro 2010

Memória de Todos os Santos na liturgia a Santa Maria in Trastevere (Roma)

IT | PT | CS
24 Julho 2010

Realiza-se em Barcelona, Espanha, desde 3 até 5 de Outubro, o próximo encontro de oração pela Paz entre as Religiões Mundiais: “Famílias de povos, Famílias de Deus"

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL
27 Maio 2010

O Sínodo da Igreja Evangélica Luterana apoia o apelo da Comunidade de Sant'Egidio para melhorar as condições de vida nas cadeias italianas

IT | ES | DE | FR | PT | CA
2 Julho 2009

Moscou: O Patriarca de Moscou e de todas as Rússias, Sua Santidade Kirill, recebeu mons. Vincenzo Paglia, presidente da Comissão da Conferência Episcopal Italiana (CEI) para o Ecumenismo e o Diálogo e Adriano Roccucci da Comunidade de Sant'Egidio

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA | NL
19 Junho 2009

O Dia de estudo histórico-religioso "Etiópia, um cristianismo africano". Textos e imagens

IT | EN | ES | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
29 Julho 2016
Corriere del Veneto

Non cadiamo nella trappola, oggi preghiamo per la pace

2 Julho 2016
POW - Pressestelle des Ordinariates Würzburg

„Barmherzigkeit ist das Schlüsselwort“

17 Junho 2017
Avvenire - Ed. Milano

Veglia per "morti di speranza"

30 Abril 2017
Corriere della Sera

L’intervento. Il patto con l'islam che aiuta l'unità tra cristiani

16 Abril 2017
Corriere della Sera

Il messaggio della Pasqua contro il mondo delle paure

14 Abril 2017
Giornale di Arona

Riscoprire il vero significato della Pasqua con i volontari della Comunità di Sant'Egidio

todos os press releases
• EVENTOS
28 Maio 2017 | MANILA, FILIPINAS

Prayer for the victims of terrorism and violence in #Marawi (Mindanao) and all over the world.

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

L'omelia di Mons. Marco Gnavi alla preghiera Morire di Speranza, in memoria dei profughi morti nei viaggi verso l'Europa

Preghiera per Elard Alumando

Predicazione di Mons. Vincenzo Paglia alla veglia di preghiera per la pace e in memoria delle vittime degli attacchi terroristici a Parigi

Omelia di S.E. Paul R. Gallagher per la commemorazione dei martiri contemporanei

Milano 2015: Preghiera e incontri ecumenici con i poveri

todos os documentos

FOTOS

1252 visitas

1289 visitas

1379 visitas

1443 visitas

1564 visitas
todos os meios de comunicação relacionados