Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
20 Abril 2013 | MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Centenas de pessoas no Maputo para o último adeus a Ana Maria Muhai, a primeira ativista do programa DREAM.

Uma mulher corajosa, que passou a sua vida para vencer o estigma para com os doentes de SIDA e incentivá-los a tratar-se. Uma irmã e uma amiga a quem devemos muito. A memória de Andrea Riccardi

 
versão para impressão

 A 19 de Abril, no Maputo, muitos deram suas últimas homenagens a Ana Maria Muhai, a primeira ativista do programa DREAM, uma mulher, uma irmã, amiga de muitos, não apenas em Moçambique, mas também em Roma e em todo o mundo. De Roma e  de muitas cidades de Moçambique e da África, reuniram-se os seus amigos, com os quais, por mais de dez anos, Ana Maria tem trabalhado incansavelmente para encorajar os doentes a tratar-se e a recuperar a esperança. 

No final do funeral foi lida uma mensagem de Andrea Riccardi LEIA a mensagem de Andrea Riccardi

Da periferia de Moçambique para o mundo inteiro: em muitos lembram-se dela debaixo da mangueira do centro DREAM de Maputo, enquanto falava, encorajava os doentes, contando de si e comunicando esperança. Mas a sua história atravessou as fronteiras e o seu testemunho chegou a homens e mulheres em muitos países do mundo. O encontro com DREAM, na verdade, a salvara, e desde então se transformara num exemplo extraordinário, não só no Maputo e não só para os moçambicanos. Testemunha incessante, em Junho de 2011, intervira na Assembléia das Nações Unidas em Nova Iorque, para apoiar o acesso universal ao tratamento e havia-se tornado numa das “testimonal” mais famosas e representativas do programa DREAM e num ícone incontestável da luta contra o HIV.

Ana Maria tinha nascido há 51 anos atrás numa província rural de Moçambique. Em 2002, quando tinha encontrado o programa DREAM, que dava seus primeiros passos na "casinha" da Machava, no Maputo, estava muito doente: aos 41 anos, pesava 28 kg, o corpo cheio de feridas, desprezada por todos.

 

Ela começara o tratamento imediatamente e depois de alguns meses, recomeçara a sentir-se bem: os medicamentos e a amizade tinham-lhe devolvido a saúde e a dignidade. Contava divertida que os seus vizinhos de casa, ao vê-la de novo a andar pela rua, não podiam acreditar que era ela e lhe beliscavam para se certificar de que não fosse um fantasma. Começou a passar o seu tempo livre no centro DREAM para atender os doentes e convencer a todos a fazer o teste e começar o tratamento.

Ela foi a primeira em Moçambique a declarar publicamente de ser HIV positiva e a mostrar-se na primeira pessoa, dando a cara, para superar o estigma.

Seu sonho era arrancar à morte os muitos doentes que tinham medo de começar o tratamento. Quem falava com ela sentia o "contágio positivo" da sua força, o seu carinho e a sua coragem.

Ela dizia: "... eu não aprendi pelos livros ou associações a SIDA, mas no meu corpo e na minha pele." Afirmava isso em voz alta e tenaz mostrando a sua foto de quando estava doente a quem não sabia que existiam os anti-retrovirais e que não queria nem ouvir falar de SIDA.

Os mídia moçambicanos tinham-na apelidado ''a gladiadora'' e ao longo dos anos se multiplicaram os convites para transmissões radiofónicas e televisivas e entrevistas nos jornais.

Foi o primeiro membro da associação EU DREAM, que reúne homens e mulheres seropositivos que se empenham para garantir o direito ao tratamento nos países africanos.

Ana Maria, muitas vezes viajou para o exterior para trazer o seu testemunho, apoiar e capacitar os ativistas dos outros países, porque depois de ter encontrado DREAM considerava-se renascida: a sua vida foi transfigurada, não somente no corpo, mas também no espírito, começara a viver para os outros, sentia viva uma dívida de amor.

Nos últimos meses, foi atingida por outra doença grave, diferente daquela para a qual  estava sendo tratada, mas nunca ficou sem esperança e serenidade.

Nas últimas semanas, foi cercada pela ternura e pelo carinho dos seus amigos que cuidaram dela e ficaram  sempre ao seu lado: isto infundia-lhe coragem e a consolava a consciência da oração dos irmãos da Comunidade de Sant'Egidio em muitos países do mundo.

A notícia da sua morte magoou muitos.

A Comunidade de Sant'Egidio reuniu-se em volta dela, mensagens chegaram de todo o mundo e muitas comunidades a recordaram.

Os mídia moçambicanos deram immediatamete o anúncio da sua morte, foram publicados artigos e transmitidas as entrevistas que tinha lançado na televisão ao longo dos anos.

O funeral foi assistido por representantes de instituições públicas e da sociedade civil.

Expressaram carinho e condolências para a Comunidade de Sant’Egidio e a família, o Gabinete da Primeira Dama, o Conselho Nacional pela Luta contra a SIDA, o Parlamento da Juventude, o Ministério da Mulher e Acção Social.

 

Ana Maria, filha da Comunidade de Sant'Egidio, deixa um vazio, mas também o grande testemunho de como uma mulher humilde da periferia do mundo pode transformar-se numa mulher importante que muda a história e a vida de muitos com simplicidade e coragem

OBJETOS ASSOCIADOS
 

 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
25 Novembro 2016
PARIS, FRANÇA

Paz na Síria, Iraque, República Centro-Africana: conversa entre Andrea Riccardi e o Ministro dos Negócios Estrangeiros francês Jean-Marc Ayrault

IT | ES | DE | FR | PT
23 Novembro 2016
GOMA, REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO

Floribert, jovem mártir da corrupção: aberta oficialmente a causa de beatificação pelo bispo de Goma

IT | ES | DE | FR | PT | HU
21 Novembro 2016
ROMA, ITÁLIA

Paz na República Centro-Africana: os líderes religiosos de Bangui em Sant'Egidio relançam a plataforma para a reconciliação

IT | ES | DE | FR | PT | CA
19 Novembro 2016
ROMA, ITÁLIA

República Centro-Africana:encontro segunda-feira em Sant'Egidio. Dissociar as religiões da guerra e lançar um modelo de reconciliação

IT | ES | FR | PT | CA
10 Novembro 2016

SIDA, O Prémio Antonio Feltrinelli da Accademia dei Lincei ao programa DREAM

IT | FR | PT
10 Novembro 2016
GOMA, REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO

Um novo ano começa para as crianças do campo de refugiados de Mugunga na Escola de Sant'Egidio

IT | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
4 Dezembro 2016
Famiglia Cristiana

Andrea Riccardi: La scomparsa del leader Fidel e il giudizio della storia

2 Dezembro 2016
Sette: Magazine del Corriere della Sera

Andrea Riccardi: Cinquant'anni fa, la Bibbia rossa di Mao: storia di una grande illusione (e manipolazione) di massa

1 Dezembro 2016
Famiglia Cristiana

Non solo aborto, nella lettera anche poveri e Bibbia

1 Dezembro 2016
Zenit

Africa: 300mila sieropositivi curati da Sant’Egidio

27 Novembro 2016
La Nazione

Don Milani, il diario dei ricordi di Gesualdi. Betori: Ripartiamo da Esperienze Pastorali

26 Novembro 2016
Notizie Italia News

Commenti: La novità del primo papa della globalizzazione

todos os press releases
• PENA DE MORTE NO
31 Outubro 2014

Inaugurata a Bukavu la campagna "Città per la vita"

12 Outubro 2014
All Africa

Africa: How the Death Penalty Is Slowly Weakening Its Grip On Africa

20 Setembro 2014

Ciad: il nuovo codice penale prevede l'abolizione della pena di morte

20 Setembro 2014
AFP

In Ciad rischio criminalizzazione gay, ma abolizione pena morte

ir para nenhuma pena de morte
• DOCUMENTOS

Andrea Riccardi - Oriente y Occidente - Diálogos de civilización

todos os documentos
• LIVROS

L'Altro, l'Atteso





San Paolo

Periferie





Jaca Book
todos os livros

FOTOS

1307 visitas

1345 visitas

1366 visitas

1323 visitas

1333 visitas
todos os meios de comunicação relacionados

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri