Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - amizade ...s pobres - immigrati e rom - as escol...italiano - roma, no...iplomas. newsletterlink

Support the Community

  

Roma, no Auditorium Antonianum, domingo 13 de Novembro: cerimónia inaugural do novo ano lectivo da escola de língua e cultura italiana e a entrega de diplomas.


 
versão para impressão

 A língua como base de integração e do direito a cidadania. 

Roma, no Auditorium Antonianum, domingo 13 de Novembro: cerimónia inaugural do novo ano lectivo da escola de língua e cultura italiana e a entrega de diplomas.

 

Um significativo passo à frente para a integração e o direito a cidadania foi cumprido ontem, com a entrega dos diplomas de língua a 1335 imigrantes, provenientes de 90 países do mundo, estudantes da Escola de língua e cultura italiana da comunidade de Sant’Egidio em Roma. 

Entre estes, 291 certificações CELI (Certificação da Língua Italiana) na base da Convenção da Escola com a Universidade para Estrangeiros de Perugia. 

 

No decorrer da cerimonia, depois do cumprimento do Decano da Escola, Claudio Cottatelucci, alguns estudantes levaram o seu testemunho de como, a partir do encontro com a Escola, foram envolvidos no movimento Gente de Paz, e desta forma um empenho concreto pelo dialogo com os outros e com a cultura da convivência.

Os testemunhos fizeram evidenciar como, graças a escola, mesmo partindo de mundos religiosos, culturais e sociais tão diferentes, seja criado entre os estudantes uma linguagem e um sentir comum, que os vê empenhados sobre temas como a solidariedade, a atenção aos idosos , os problemas de quem não tem casa. 

Assim, Anoir, de Marrocos, mas também Zhenny, das filipinas, Constantin Serpeanu da Romenia, e Patricia Vilca do Peru, expressaram em nome de todos, as expectativas, os problemas, as alegrias e as dificuldades dos imigrantes, a gratidão de ter encontrado uma escola de qualidade onde “os professores trabalham grátis e são também eles amigos que se preocupam pela nossa vida”. Mas também as suas experienciam no encontro com os pobres, mas também os seus sonhos, e a mudança do seu coração a partir do encontro com os pobres que vivem na rua. Palavras que exprimem muito bem quanto a Escola de Língua e de Cultura da Comunidade de Sant’Egídio não seja só a resposta – mesmo necessária – a uma necessidade de instrução e de integração, mas contribua a fazer de estes jovens os verdadeiros italianos de amanha, pessoa capazes de contribuir  na construção de um tecido social humano, justo e solidário, cidadãos que puderam dar um contributo substancial no desenvolvimento da sociedade italiana.

QIsto é o resultado evidente das palavras dirigidas aos estudantes e aos professores de Marco Impagliazo, presidente da Comunidade de Sant’Egídio.  

Partindo da constatação da crise de visões do futuro, ele sublinhou seja a cultura da amizade, e quanto o estar juntos para estudar ajuda cada um a perceber onde ir, onde dirigir a própria vida, seja a importância de contribuir a “ civilização da convivência”, ou a construção de uma casa comum a que cada um é chamado a oferecer “ o próprio tijolo”. “ Não se caracteriza só a nossa origem – disse Impagliazo – mas também quem somos hoje na realidade em que vivemos e que pessoas queremos ser amanha”. Palavras acolhidas com muita comoção mais que com alegria pelos presentes. 


O presidente deu depois os diplomas dos diferentes níveis e cursos. 


A festa concluiu-se com um espectáculo na qual os cantos e as danças de várias partes do mundo mostraram a beleza deste “ viver juntos”.   

ALGUNS DADOS

 

 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
10 Maio 2017

Incêndio do campo de ciganos em Roma: dor e proximidade aos ciganos, vítimas de uma violência sem precedentes

IT | PT
27 Abril 2017
ROMA, ITÁLIA

Os corredores humanitários, rosto humano da Itália que salva. Muitas as crianças que chegaram hoje da Síria

IT | DE | FR | PT | NL | RU
22 Abril 2017
ROMA, ITÁLIA

A oração do Papa Francisco para os mártires do nosso tempo. As imagens da visita

IT | EN | ES | DE | FR | PT | HU
22 Abril 2017
ROMA, ITÁLIA

o Papa com os refugiados: um sobrevivente de Lampedusa doa-lhe um postal com os rostos das vítimas de naufrágio

IT | ES | FR | PT | NL
1 Abril 2017
ROMA, ITÁLIA

Combate à pobreza e migração no cerne da visita do Presidente do Níger, Mahamadou Issoufou, em Sant'Egidio

IT | ES | DE | FR | PT | NL
1 Fevereiro 2017
ADIS ABEBA, ETIÓPIA

30ª Cimeira da União Africana, uma delegação de Sant'Egidio encontra o novo presidente Moussa Faki

IT | ES | DE | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
19 Maio 2017
Corriere della Sera On Line

Rom, con una casa un futuro diverso è possibile

18 Maio 2017
Famiglia Cristiana

Bruciate vive? Erano rom.

12 Maio 2017
Roma sette

Rogo di Centocelle: Roma prega per le sorelle arse vive

12 Maio 2017
Radio Vaticana

Rogo a Centocelle. Promosse manifestazioni di solidarietà

12 Maio 2017
Il Messaggero

La tragedia di Centocelle. Il dolore della madre

12 Maio 2017
La Repubblica - Ed. Roma

Rom uccise, dolore e polemiche

todos os press releases
• EVENTOS
17 Maio 2017 | ROMA, ITÁLIA

I profughi e noi. Incontro con Alejandro Solalinde, difensore dei diritti dei migranti in Messico

14 Maio 2017 | MILAN, ITÁLIA

''Le rotte dell'accoglienza'', un incontro per parlare di migrazioni e dei corridoi umanitari

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

Appello al Parlamento ungherese sui profughi e i minori richiedenti asilo

Corso di Alta Formazione professionale per Mediatori europei per l’intercultura e la coesione sociale

Omelia di S.E. Card. Antonio Maria Vegliò alla preghiera "Morire di Speranza". Lampedusa 3 ottobre 2014

Omelia di S.E. Card. Vegliò durante la preghiera "Morire di speranza"

Nomi e storie delle persone ricordate durante la preghiera "Morire di speranza". Roma 22 giugno 2014

Le vittime dei viaggi della speranza - grafici

todos os documentos

FOTOS

1161 visitas

1224 visitas

1210 visitas

1154 visitas

1175 visitas
todos os meios de comunicação relacionados